aedes

aedes | s. m.
a·e·des
(latim científico Aedes, do grego aêdês, -és, desagradável, odioso )
nome masculino

[Entomologia]   [Entomologia]   Designação comum a várias espécies de mosquitos do género Aedes, da família dos culicídeos, encontrados em regiões tropicais e subtropicais, e que são transmissores de doenças como a dengue.


substantivo masculino Aspecto comum aos mosquitos do gênero Aedes, pertencentes à família dos culicídeos, geralmente encontrados em regiões tropicais e subtropicais.
Aedes aegypti. Mosquito transmissor da febre amarela e da dengue.
Ver também: dengue.
Etimologia (origem da palavra aedes). Do grego aëdes; pelo latim científico Aedes.


Aedes é um género de mosquito com listras pretas e brancas em seu corpo, originário de zonas tropicais e subtropicais e transmissor de diferentes doenças ao ser humano. O nome do gênero provém do grego ἀηδής (aēdēs), que significa “desagradável” . Na Polinésia, a espécie Aedes polynesiensis é responsável pela transmissão da filariose humana. O gênero Aedes foi descrito por Johann Wilhelm Meigen em 1818. Há, atualmente, alguns movimentos controversos na direção de abolir Aedes como um nome genérico e para substituí-lo por Stegomyia, que, atualmente, é o nome de seu subgênero. O Aedes é marcado com listras pretas e brancas em seu corpo e pernas. Atualmente, o genoma do Aedes aegypti está sendo sequenciado pelo Broad Institute e o Institute for Genomic Research (TIGR). O conjunto inicial foi liberado em agosto de 2005. A anotação da sequência está sendo empreendida pelo VectorBase e TIGR.




Deixe um comentário