âmbar




âmbar | s. m. | adj. 2 g.
âm·bar
(árabe anbar )
nome masculino

1. Resina fóssil, dura, quebradiça, semitransparente, de cor amarela, com que se fabricam boquilhas, rosários, artigos de joalharia, etc. = ÂMBAR-AMARELO, SÚCINO

2. Cor amarela dourada.

3. Substância de cor cinzenta, que é concreção intestinal dos cachalotes, com a consistência da cera e de cheiro análogo ao do almíscar. = ÂMBAR-CINZENTO, ÂMBAR-GRISadjectivo de dois géneros adjetivo de dois géneros

4. Que tem cor amarela dourada.


substantivo masculino Substância sólida, de cor parda ou preta, cheiro almiscarado, proveniente da concreção intestinal do cachalote, muitas vezes chamada âmbar pardo ou âmbar cinzento.
Âmbar amarelo ou âmbar, resina fóssil proveniente das coníferas do período oligoceno. (O âmbar amarelo, que, friccionado, atrai os corpos leves, chama-se em gr. êlektron, palavra de que se derivam eléctron, eletrônica, eletricidade.).


O âmbar é uma resina fóssil muito usada para a manufatura de objetos ornamentais. Embora não seja um mineral, é por vezes considerado e usado como uma gema.
Sabe-se que as árvores (principalmente os pinheiros) cuja resina se transformou em âmbar viveram em regiões de clima temperado. Nas zonas cujo clima era tropical, o âmbar foi formado por plantas leguminosas. Muito valorizado desde a antiguidade até o presente como uma pedra preciosa, o âmbar é transformado em uma variedade de objetos decorativos.