ampola

ampola | s. f.
am·po·la |ô| am·po·la |ô|
(latim ampulla, -ae, pequeno frasco, pequena garrafa )
nome feminino

1. O mesmo que empola.

2. Tubo pequeno, fechado, que contém líquido no seu interior.


substantivo feminino Tubo de vidro terminado em ponta, que se solda na lâmpada após a introdução de um líquido.
Conteúdo desse tubo: aplicar uma ampola de soro.
Envoltório de vidro que encerra o filamento de uma lâmpada elétrica. (Var.: empola.).


Uma ampola, empola ou âmbula é um pequeno frasco selado o qual é usado para conter uma amostra, usualmente um sólido ou líquido. Ampolas são comumente feitas de vidro, embora ampolas plásticas existam.
Ampolas modernas são mais comumente usadas para conter produtos farmacêuticos e químicos que devem ser protegidos do ar e de contaminantes. Eles são hermeticamente selados fundindo o topo fino com uma chama aberta, e usualmente abertos arrebentando o pescoço. Se devidamente feita, esta última operação cria uma abertura limpa sem qualquer cacos de vidro extras ou lascas.