apatia

apatia | s. f.
a·pa·ti·a
(grego apátheia, insensibilidade, apatia )
substantivo feminino

1. Ausência de interesse ou de resposta a um estímulo. = ATARAXIA, INDIFERENÇA

2. Falta de energia ou de ânimo. = INDOLÊNCIA, LASSIDÃO, MOLEZA

Antónimo Antônimo Geral: ENTREGA, ENTUSIASMO, PAIXÃO


substantivo feminino Condição de quem não se comove, não demonstra sentimentos nem interesses: tratou o assunto com apatia.
[Por Extensão] Falta de motivação, de vigor físico, de entusiasmo; prostração.
[Filosofia] Condição de insensibilidade, ou perda dos sentimentos, ocasionada pela extensão do entendimento filosófico.
[Psicologia] Estado definido pelo desânimo ou pela ausência de energia.
Etimologia (origem da palavra apatia). Do grego apátheia; pelo latim apathia.


A apatia é a falta de emoção, motivação ou entusiasmo. É um termo psicológico para um estado de indiferença, no qual um indivíduo não responde aos estímulos da vida emocional, social ou física. A apatia clínica é considerada depressão no nível mais moderado e diagnosticada como transtorno dissociativo de identidade no nível extremo. O aspecto físico da apatia se associa ao desgaste físico, enfraquecimento dos músculos e a falta de energia chamada letargia, que tem muitas causas patológicas também.
O “Dicionário de termos técnicos de medicina e saúde”, de Luís Rey, registra a palavra “apatia” como termo psiquiátrico, com a seguinte definição: “Estado caracterizado pelo desinteresse geral, pela indiferença ou insensibilidade aos acontecimentos; falta de interesse ou de desejos”.




Deixe um comentário