apneia

apneia apnéia apneia | s. f.
ap·nei·a ap·néi·a ap·nei·a
(a- + -pneia )
nome feminino

1. [Medicina]   [Medicina]   Suspensão da respiração.

2. [Desporto]   [Esporte]   Modalidade aquática em que o praticante, geralmente munido de máscara de mergulho, respirador e barbatanas , sustém a respiração debaixo de água e assim permanece submerso durante determinado tempo, determinada distância ou determinada profundidade, usando apenas a sua reserva de ar dos pulmões.• Grafia no Brasil: apnéia. • Grafia alterada pelo Acordo Ortográfico de 1990:apneia. • Grafia anterior ao Acordo Ortográfico de 1990:apnéia
• Grafia em Portugal:apneia.


substantivo feminino Ausência ou interrupção momentânea da respiração.
[Por Extensão] Obstrução completa da passagem de ar para os pulmões.
Apneia do Sono. Distúrbio do sono que se caracteriza por alterações em que a respiração é interrompida e recomeça repetidamente.
Etimologia (origem da palavra apneia). An + pneia.


Apneia (do em grego: ἄπνοια, a = prefixo de negação e pneia = respirar) designa a suspensão voluntária ou involuntária da ventilação, ou a interrupção da comunicação do ar atmosférico com as vias aéreas inferiores e pulmões.
Uma vez que a respiração em nível celular continua ocorrendo enquanto houver oferta de oxigênio suficiente nos pulmões, mesmo sem o contato com o ar atmosférico, os seres pulmonados podem sobreviver em apneia durante alguns minutos. Algumas baleias podem permanecer em apneia por mais de 90 minutos, enquanto que os seres humanos, em média, suportam cerca de 2 minutos. Alguns atletas especialistas conseguem ultrapassar os 5 minutos, mantendo a lucidez.
O mergulho em apneia ou mergulho livre é um esporte que abrange diversas modalidades, as quais consistem basicamente em o atleta permanecer o maior tempo submerso ou percorrer a maior distância ou profundidade sob a água e sem o auxílio de equipamentos para a respiração, ou seja, apenas com a reserva de ar de seus pulmões. Pode ser praticado em piscinas, rios, lagos ou no mar.
Atualmente o recorde mundial de apneia estática pertence ao Suiço Peter Colat, que em 17 de Setembro de 2011 se tornou o ser humano com o maior tempo de apneia, com 21 minutos e 33 segundos sem respirar.




Deixe um comentário