arrogância

arrogância | s. f.
ar·ro·gân·ci·a
nome feminino

1. Sobranceria menosprezadora.

2. Altivez que deixa ver o pouco caso que se faz do adversário.

3. Insolência.


substantivo feminino Prepotência; atitude de quem se sente superior aos demais ou da pessoa que assume um comportamento prepotente, desprezando os outros.
[Por Extensão] Ousadia; comportamento insolente, atrevido; ação desrespeitosa.
Ação ou efeito de arrogar, de atribuir a si próprio um benefício, direito ou poder.
Etimologia (origem da palavra arrogância). Do latim adrogantia; arrogantia.ae.


Arrogância é um forte orgulho ou atitude de extrema auto-importância, em particular, uma perda de contato com a realidade e superestima das próprias competências ou capacidades. A arrogância também está associada à falta de humildade e amor a si mesmo, as crianças criadas em torno da arrogância podem se tornar arrogantes.É uma atitude geralmente considerada prejudicial e que promove uma cultura negativa, algumas fontes, no entanto, também indicam que a arrogância significa se orgulhar e tomar autoria pelo trabalho de outro. A arrogância é diferente de autoconfiança ou autoestima sendo uma “proteção” para a insegurança.Segundo o psicanalista Abrão Slavutzky, a arrogância é um opositor dos opositores do humor, “o indivíduo arrogante não discute, não escuta, pois acredita, sinceramente, ter razão. Olha o mundo numa perspectiva de guerra, em que ou se está com ele ou contra ele” e que “a arrogância da certeza é típica de uma atitude persecutória”.




Deixe um comentário