assassino

assassino | adj. | s. m. 1ª pess. sing. pres. ind. de assassinar
as·sas·si·no
(italiano assassino, do árabe haxaxi, que usa haxixe [designação de uma seita de muçulmanos consumidores de haxixe que combatiam os cristãos durante as Cruzadas] )
adjectivo adjetivo

1. Que provoca a morte premeditadamente (ex.: milícia assassina). = HOMICIDA, MATADOR

2. [Figurado]   [Figurado]   Que destrói ou prejudica o que é essencial ou digno de ser respeitado (ex.: o sujeito tinha um gosto musical assassino). = DESTRUIDORnome masculino

3. Indivíduo que mata traiçoeiramente ou com premeditação (ex.: o suspeito negou ser o assassino do empresário). = HOMICIDA, MATADOR

4. [Figurado]   [Figurado]   Aquele ou aquilo que causa a destruição ou o prejuízo de algo (ex.: na cidade, o automóvel mal estacionado é o assassino dos passeios).

assassino em série • Pessoa que mata várias pessoas em ocasiões diferentes, geralmente seguindo um padrão ou utilizando o mesmo método.

assassino serial • O mesmo que assassino em série.
as·sas·si·nar as·sas·si·nar – Conjugar
verbo transitivo

Matar à traição ou violentamente.


substantivo masculino Indivíduo que mata outra pessoa; quem comete homicídio, tirando a vida de outro ser humano: polícia militar prende o assassino confesso.
[Figurado] Aquele que aniquila algo ou alguém; quem leva outra pessoa ou coisa à ruína: assassino de esperanças.
adjetivo Que pode ocasionar a morte de : medicamento assassino.
[Figurado] Que provoca horror, sofrimento, dor, angústia e desespero.
Etimologia (origem da palavra assassino). Do árabe haxxíxín; pelo persa hassassin; pelo italiano assassino e pelo francês assassin.



Deixe um comentário