autonomia

autonomia | s. f.
au·to·no·mi·a
(grego autonomía, liberdade para usar leis próprias, independência )
nome feminino

1. Faculdade de um país conquistado ou de uma região administrativa de se administrar por suas próprias leis.

2. Independência administrativa em relação a um poder central.

3. Liberdade moral ou intelectual.

4. Distância que pode percorrer ou tempo que pode permanecer em funcionamento um meio de transporte sem necessidade de se reabastecer de combustível.

5. Tempo que pode funcionar um aparelho ou equipamento sem necessidade de recarregamento de energia.


substantivo feminino Aptidão ou competência para gerir sua própria vida, valendo-se de seus próprios meios, vontades e/ou princípios.
Direito dado a uma nação (país) de se governar de acordo com seus próprios.
Regimentos ou leis.
Direito ao livre arbítrio que faz com que qualquer indivíduo esteja apto para tomar suas próprias decisões.
Para um veículo movido a motor (navio, avião, automóvel etc.), distância que o mesmo pode percorrer com o consumo total do combustível a bordo.
[Filosofia] Kant. Faculdade do ser humano de se autogovernar de acordo com seus padrões de conduta moral sem que haja influência de outros aspectos exteriores (sentimentos, repressões etc).
Autonomia financeira. Situação de um serviço cuja gestão financeira é independente da coletividade pública que o criou.
Etimologia (origem da palavra autonomia). Do grego autonomía, pelo francês autonomie.


Autonomia (do grego antigo αὐτονομία, autonomia: de αὐτόνομος, autonomos, uma junção de αὐτο-, auto-, “de si mesmo” + νόμος, nomos, “lei”, ou seja, “aquele que estabelece suas próprias leis”) é um conceito encontrado na moral, na política, na filosofia e na bioética. É a capacidade de um indivíduo racional (não necessariamente um organismo vivo) de tomar uma decisão não forçada baseada nas informações disponíveis. Na filosofia ligada à moral e à política, a autonomia é usada como base para se determinar a responsabilidade moral da ação de alguém (ver teoria desenvolvida por Kant). Outras áreas do conhecimento também usam o termo, como medicina e exploração espacial.


Deixe um comentário