barragem

barragem | s. f.
bar·ra·gem
(francês barrage )
nome feminino

1. Obstáculo praticado numa corrente de água.

2. Obra que se efectiva em rio, ribeira ou canal, com o fim de aproveitar a água para irrigação ou accionar turbinas produtoras de energia eléctrica . = AÇUDE, REPRESA

3. Barreira erguida num caminho.

4. [Militar]   [Militar]   Cortina de fogo de artilharia sobre o destacamento de infantaria que se prepara para um ataque, barrando a linha inimiga.


substantivo feminino Barreira feita artificialmente para alterar, diminuir ou interromper um curso de água ou de materiais sólidos.
[Por Extensão] Estrutura de terra construída para armazenar rejeitos ou resíduos provenientes da mineração: barragem de resíduos.
[Figurado] Aquilo que tem a finalidade de interromper a passagem ou o movimento de alguma coisa; barreira.
Tapume que funciona como um tipo de peneira que, com galhos entrelaçados ou trocos, impede a passagem de peixes ou represa a água.
[Militar] Processo tático que busca diminuir o avanço do inimigo: barragem de artilharia.
Etimologia (origem da palavra barragem). Do francês barrage.


Uma barragem, açude ou represa é uma barreira artificial, feita em cursos de água para a retenção de grandes quantidades de água. A sua utilização é sobretudo para o abastecimento de água de zonas residenciais, agrícolas, industriais, produção de energia elétrica (energia hidráulica), ou regularização de um caudal.




Deixe um comentário