caduceu

caduceu | s. m.
ca·du·ceu
(latim caduceus, -i ou caduceum, -i, vara que Mercúrio ou os arautos ou emissários traziam )
nome masculino

Vara ou bastão encimado por duas asas e em que se enroscam duas serpentes cujas cabeças ficam viradas uma para a outra no topo, atributo do deus Mercúrio (ex.: o caduceu costuma empregar-se como símbolo do Comércio).Confrontar: saduceu.


substantivo masculino Bastão de loureiro ou de oliveira enlaçado por duas serpentes e com duas asas na extremidade superior. (Insígnia de Mercúrio, que simboliza a paz e o comércio.).
Emblema dos corpos de saúde, composto de um feixe de varas em torno do qual se enrola a serpente de Epidauro e que tem na extremidade superior o espelho da Prudência.


O caduceu ☤ ou emblema de Hermes (Mercúrio) é um bastão em torno do qual se entrelaçam duas serpentes e cuja parte superior é adornada com asas. É um antigo símbolo, cuja imagem pode ser vista na taça do rei Gudea de Lagash, 2.600 anos a.C., e sobre as tábuas de pedra denominadas, na Índia, nagakals. Esotericamente, está associado ao equilíbrio moral, ao caminho de iniciação e ao caminho de ascensão da energia kundalini. A serpente da direita é chamada Od, que representa a vida livremente dirigida; a da esquerda Ob, vida fatal e o globo dourado no cimo Aur, que representa a luz equilibrada. Estas duas serpentes opostas figuram forças contrárias que podem se associar mas não se confundir. É frequentemente confundido com o símbolo da medicina, o bordão de Esculápio ou bastão de Asclépio.




Deixe um comentário