caipora

A palavra caipora possui uma classificação gramatical como sendo substantivo masculino. Ademais, referida palavra possui 8 letras, dentre elas vogais e consoantes. As vogais são: a, i, o. Já as consoantes são: c, p, r. Por outro lado, dita palavra pode ser escrita de outro modo, ou seja, ao contrário, ficando assim: aropoiac. Além disso, dita palavra é classificada como sendo um termo usado para se referir a uma figura folclórica da literatura brasileira.Significado de caipora

Caipora ou Caá Porá também conhecido como “Padremont” é uma entidade da mitologia tupi-guarani do Brasil. Ele é representado como uma criança indígena na cor escura, nua e com a pele escura e cabelo preto, fumando um charuto e muito travesso. Em outras formas de realização é mostrado como um ser antropomórfico cabeludo com a cabeça de uma raposa. Às vezes diz-se que ele se move com os pés para trás para confundir seus perseguidores. Sabe-se que adentra nas florestas redondas, como o rei de todos os animais e é muito vingativo com os caçadores que não respeitam as regras durante a caça. Diz-se que repele barragens e apaga os rastros de animais ou faz caçadores ficarem perdidos na selva.

Diz a lenda que dois muito amigos, mas muito diferentes. Eles distinguem, principalmente, pela maneira de fazer o seu trabalho, um modesto e cuidadoso, vai traz lenha para fazer carvão, corta os ramos baixos e tenta fazer o menor dano possível para a árvore, enquanto o outro não se importava com a árvore. A história vai que um dia o lenhado tinha que ir sozinho para recolher a madeira, porque seu amigo estava doente; a partir do momento em que entrou na floresta percebeu que havia algo estranho… a floresta estava muito quieta, mas depois de um tempo não se importava, continuou a fazer o seu trabalho cada vez mais fundo na floresta, quando de repente ele viu na parte mais profunda um rebanho de animais.

Era um rebanho esquisito, porque ele era composto por um animal de cada espécie que habitava a floresta e o pior é que estava indo em direção a ele. Naquele momento ele viu que todos esses animais eram um muito especiais: havia uma pessoa alta com cabeça de raposa e cobria-se de uma longa e espessa camada dos fios que pareciam cordas, mas a coisa mais estranha era que seus pés eram virados para  o outro lado.

Vendo ser tão assustador, o lenhador não poderia ser movido até que a procissão de animais quase na frente dele passasse. Sendo assim, se aproximou do homem com uma voz rouca e seca perguntou: – Tem pé? O lenhador tremendo de medo, tirou de sua mochila algumas folhas de tabaco que levava para a viagem e deu-a a mão peluda. Imediatamente depois de ser atendido com os animais, seguiu a procissão para não se sabe onde. O lenhador ainda paralisado observou os animais serem transferidos para fora. Depois de um tempo ele continuou recolhendo lenha, mas com uma estranha sensação de paz. Voltando às pessoas, eles perceberam que a madeira que havia pego era bonita e brilhante e que o carvão havia sido queimado para torná-lo brilhante, tão bonito que o mercado comprou tudo.Sinônimos de caipora

São sinônimos de caipora as seguintes palavras: curupira, lendário.Antônimos de caipora

São antônimos de caipora as seguintes palavras:Exemplos de usos e frases

O caipora é uma lenda do folclore brasileiro que habita as matas protegendo os animais.

O caipora é temido pelos caçadores, pois reza a lenda que o seu assobio os atrai fazendo com que se percam na floresta.

Ao assobiar o caipora atrai os caçadores para dentro da floresta fazendo com que se percam.



Deixe um comentário