calamidade

calamidade | s. f.
ca·la·mi·da·de
(latim calamitas, -atis )
substantivo feminino

1. Grande mal comum a muitos.

2. Série de desgraças que vêm sobre alguém.

3. Infortúnio público.


substantivo feminino Desgraça pública; desastre, catástrofe.
Infortúnio que atinge uma pessoa ou um grupo de pessoas: é uma calamidade ter de aturar um tagarela.
Acontecimento que acarreta destruição, que traz consigo a desgraça, sendo capaz de causar dano, prejuízo, perda.
[Figurado] Algo ou alguém infeliz, que aborrece por ser inconveniente, desagradável: aquele evento foi uma verdadeira calamidade!
Etimologia (origem da palavra calamidade). Do latim calamitas.atis.


Calamidade (do latim calamitate) ou catástrofe significa desgraça pública, flagelo.
Podemos definir como estado de calamidade pública uma situação anormal, provocada por desastres, causando danos e prejuízos que impliquem o comprometimento substancial da capacidade de resposta do poder público do ente atingido.Uma calamidade pode ter origem em fenômenos naturais. Quando ocorrem grandes desgraças, infelicidades e infortúnios nas comunidades se utiliza o termo calamidade pública.
Os governos nacionais nestes casos atualmente possuem mecanismos para salvaguardar as populações atingidas. Estes são chamados normalmente de defesa civil, que é executada por voluntários e profissionais voltados a auxiliar os atingidos pela calamidade.
Embora estes acontecimentos sejam bastante marcantes é possível controlá-los através de métodos de prevenção catastrofiais.




Deixe um comentário