caxinguelê

caxinguelê | s. m.
ca·xin·gue·lê
nome masculino

1. [Brasil]   [Brasil]   Velhaco.

2. [Brasil]   [Brasil]   Astuto.

3. [Brasil]   [Brasil]   Feio.

4. [Brasil]   [Brasil]   [Zoologia]   [Zoologia]   Esquilo florestal (Sciurus aestuans) nativo da América do Sul. = SERELEPE


substantivo masculino [Brasil] Zoologia. Tipo de esquilo (Sciurus aestuans) que, sendo encontrado na Amazônia e em certas partes do litoral brasileiro, possui aproximadamente 20 centímetros de comprimento, de pelagem marrom-oliácea e possuidor de uma longa cauda.
Etimologia (origem da palavra caxinguelê). De origem questionável/ talvez do quimbundo kaxinjiang’elê.


O caxinguelê (Sciurus aestuans), também chamado de serelepe e conhecido nos idiomas inglês e espanhol respectivamente como “Brazilian squirrel” e “ardilla de Brasil” que numa tradução livre para o português seria respectivamente esquilo brasileiro e esquilo do Brasil, é uma espécie de esquilo florestal que mede cerca de vinte centímetros de comprimento. É endêmico da América do Sul, podendo ser encontrado no Brasil, Guiana, Guiana Francesa, Suriname, Venezuela e nordeste da Argentina. É o único esquilo dos Pampas. Esses pequenos animais vivem sozinhos ou em pares e podem viver até quinze anos, atingindo a maturidade sexual com um ano de idade. A fêmea fica prenha uma vez por ano e tem de um a dois filhotes. Além das copas altas, o caxinguelê escolhe locais onde exista vegetação de idade avançada, para que haja ocos nas árvores, onde habitam, reproduzem-se, guardam os filhotes e estocam comida.




Deixe um comentário