cheque

cheque | s. m.
che·que
(inglês cheque )
nome masculino

1. Documento que representa uma ordem de pagamento à vista sobre casa onde se tem valores.

2. Documento que representa determinado valor monetário.

3. Documento que confere vantagem ou desconto a quem o possui ou apresenta.

cheque avulso • Cheque vendido pelo banco à unidade para uso do cliente que não dispõe de caderneta de cheques.

cheque careca • Cheque sem fundos para poder ser pago.

cheque cruzado • Cheque marcado com dois traços diagonais paralelos, e que tem de ser depositado.

cheque em branco • [Informal]   • [Informal]   Confiança em outrem para poder fazer o que quiser.

cheque visado • Cheque que tem uma garantia de pagamento comprovada pelo banco.Confrontar: xeque.


substantivo masculino Documento escrito, equivalente a dinheiro, preenchido com o valor que se pretende pagar.
Ordem escrita através da qual o titular de uma conta (depósito ou corrente) efetua saques ou realiza pagamentos, em proveito próprio ou em benefício de outrem.
expressão Cheque nominal. Cheque que só pode ser pago à pessoa cujo nome está nele escrito.
Cheque cruzado. Cheque com duas linhas traçadas na diagonal, indicando que só poderá ser pago a banco.
Cheque ao portador. Aquele que será pago a quem o apresentar.
Cheque em branco. Cheque assinado, mas com a quantia deixada em branco, à discrição do beneficiário.
Cheque de viagem. Cheque usado pelos turistas, emitido por um banco para ser pago por qualquer um dos seus correspondentes.
Etimologia (origem da palavra cheque). Do inglês check.


O cheque é um título de crédito, e, consiste em uma ordem de pagamento à vista emitida em favor de terceiro, em razão de fundos que o emitente (quem emite a ordem de pagamento) possui em determinada instituição financeira que é responsável por gerenciar esse tipo de transação ao emitir os talonários de cheques.
O cheque é um título de modelo vinculado, em virtude de ser um documento emitido por uma Instituição Financeira, em talonário específico, possuindo numeração própria e seguindo os moldes do padrão fixado pelo Banco Central.
André Santa Cruz entende que é uma ordem de pagamento à vista emitida contra um banco, e não contra aos fundos do emitente, em razão de fundos que a pessoa tem naquela instituição financeira, uma vez que o título é emitido pelo banco (instituição financeira), uma vez que está é a tipificação normativa estampada no artigo 3° da Lei 7.357 de 1985.
As leis que regulam as questões relacionadas ao cheque são a Lei 7.357 de 1985 , que disciplina as especificidades sobre este título e a Lei Uniforme do Cheque, o Decreto 57.595 de 1966, que buscou uniformizar e regular conflitos em leis em matéria de cheque junto a outros países.