citação

A palavra citação possui uma classificação gramatical como sendo um substantivo feminino. Ademais, referida palavra possui 07 letras, dentre elas vogais e consoantes. As vogais são: a, i, o, já as consoantes são: c, t, ç. Por outro lado, dita palavra pode ser escrita de outro modo, ou seja, ao contrário, ficando assim: oãçatic. Além disso, dita palavra é classificada uma ato jurídico, distinto do fato jurídico.Significado de citação
O conceito de citação tem a sua origem na palavra em latim citactus e está associada com a noção de ação, entendida como a possibilidade ou o resultado de fazer alguma coisa. Uma citação jurídica neste sentido, é uma ação que é o feito conscientemente e voluntariamente tido com a finalidade de estabelecer vínculos jurídicos entre várias pessoas para criar, modificar ou encerrar certos direitos. Em outras palavras, podemos dizer que uma citação jurídica é uma manifestação de vontade que visa causar consequências legais. Estes resultados são reconhecidos pela lei. A base da citação jurídica conforma a declaração de intenções de acordo com o que as leis estipulam. A ação judicial visa uma mudança no status quo e faz com que as consequências citadas sejam acima da natureza legal.
Significativamente, existem várias classificações para a citação jurídica. Eles podem ser formal (em que a eficácia está ligada às formalidades estabelecidas e prevista por lei), outros podem ser informal (neles, a sua possível validade não depende da solenidade), positiva (o seu sucesso depende da realização do ato), negativo (assumindo uma omissão ou abstenção), unilateral (decorrente da vontade de um único partido), bilateral (exige o consentimento de pelo menos duas partes), (teor econômico), familiares (direitos e deveres dos família), livre (a obrigação recai sobre uma única peça, não importa quantos estão envolvidos) ou onerosos (obrigações recíprocas), entre outros tipos.
Dentro da citação há o que chamamos de ato jurídico ou fato jurídico. É importante fazer a distinção entre estes dois conceitos. Um fato jurídico é um evento natural que se caracteriza pela não intervenção da vontade de apreciar as consequências de direito, enquanto um ato jurídico, como já dissemos antes, precisa da aprovação; ou seja, deve cumprir determinadas condições, a fim de garantir o cumprimento dos direitos das partes para realizá-lo.
Ambos agem como os fatos legais que são as formas de realização dos pressupostos da lei. Para que um ato jurídico exista como tal, ou seja, a expressão da vontade da pessoa se faça, é necessário a cobertura pela lei, é necessário reunir um número de elementos da existência e validade. Os elementos da existência são essenciais e, portanto, perdem um deles, onde o ato não poderia ser definido como tal, e como o ato de nulidade absoluta não poderia produzir qualquer efeito jurídico ou uma consequência.
Estes elementos essenciais são: a vontade do autor no momento da realização de objeto possível do ponto de vista físico e também legal, e solenidade da lei. Este último só é necessário se o ato é do tipo formal; uma declaração da vontade é feito contra a lei no ato em si (necessário em casamentos, entre outros atos).
Em alguns casos, há exceções, mesmo que tivessem cumprido os requisitos básicos, a citação não seria válida.Sinônimos de citação
São sinônimos de citação as seguintes palavras: chamada ao processoAntônimos de citação
São antônimos de citação as seguintes palavras:Exemplos de usos e frases
A citação é o chamamento ao processo, pois as partes precisam tomar conhecimento daquilo que está sendo movida contra ela.
Não queremos comparecer nessa reunião, pois não houve citação para nenhuma das partes.
Quero que a minha mãe se case, mas ela não quer fazer a citação dos editais de forma pública.

Deixe um comentário