conquista

conquista | s. f. 3ª pess. sing. pres. ind. de conquistar 2ª pess. sing. imp. de conquistar
con·quis·ta
(derivação regressiva de conquistar )
substantivo feminino

1. Acto ou efeito de conquistar.

2. Obtenção do alheio por meio de luta ou esforço contrariado.

3. A coisa conquistada.

4. O que se obtém à força de muito trabalho.

5. Processo de sedução de alguém.

6. Pessoa que se rende à sedução de outra.
con·quis·tar con·quis·tar – Conjugar
verbo transitivo

1. Fazer a conquista de.

2. Adquirir por conquista.

3. Subjugar.

4. Dominar.

5. Alcançar.

6. Adquirir à força de trabalho.

7. [Figurado]   [Figurado]   Ganhar (estimas, amizades).

8. Namorar.


substantivo feminino Ação de conquistar, de submeter alguém pelas armas; tomada: a conquista de um reino.
Coisa conquistada; posse: as conquistas de Napoleão.
Processo que leva alguém a obter alguma coisa: a conquista de uma nova carreira.
O que se consegue através de muito esforço e empenho: este emprego foi uma conquista!
[Figurado] Pessoa que cedeu a uma sedução: conquista amorosa.
[Figurado] Ato de seduzir, de tentar ficar com alguém; sedução: eu prefiro a fase da conquista.
O que se obtém de bom: conquistas na área da saúde, educação, segurança.
Etimologia (origem da palavra conquista). Forma regressiva de conquistar, do latim conquisitare, de conquiere, “procurar, perguntar”.


Conquista é um município na microrregião de Uberaba, no Interior de Minas Gerais, no Brasil. Sua população estimada em 2010 era de 7 500 habitantes. Após o censo do referido ano, verificou-se que o número total de habitantes da cidade era de 6 922 habitantes, incluídos os distritos de Guaxima e Jubaí. A área é de 618,0 quilômetros quadrados e a densidade demográfica, de 9,09 habitantes por quilômetro quadrado.
O município de Conquista é essencialmente agrícola. Porém, diagnósticos, estudos e levantamentos apontam sua forte vocação para o turismo, fator importante que, num futuro bem próximo, pode ser a redenção econômica e social, com geração de emprego e renda aos seus munícipios.
Seus limites são Uberaba a noroeste e norte, Sacramento a leste e Rifaina e Igarapava (estes em São Paulo) a sul.
Apesar de pequena, com cerca de sete mil habitantes, é conhecida como “Um Cantinho da Itália em Minas”, por sua riqueza, beleza e qualidade de vida e ainda por ter siso adensada populacionalmente principalmente, por imigrantes italianos. É uma cidade com raízes na cultura europeia (portuguesa e italiana), onde se pode observar rios de águas limpas e encantar-se com o verde exuberante por toda a cidade. Ouvir o canto dos pássaros. Você pode observar ainda a beleza da arquitetura e o colorido dos jardins. Servir-se de comida farta e com qualidade. A herança dos imigrantes está presente na organização, na força do trabalho, no casario, na hospitalidade e na simpatia do povo.
Tem, como conterrânea conhecida nacionalmente, a autora de telenovelas Janete Clair, famosa por escrever Irmãos Coragem, Selva de Pedra, Pecado Capital, entre outras.




Deixe um comentário