cratera

cratera | s. f.
cra·te·ra |é| cra·te·ra |é|
(latim cratera, -ae )
substantivo feminino

1. [Geologia]   [Geologia]   Abertura por onde saem as matérias expelidas por um vulcão.

2. Grande taça com duas asas, por onde os antigos serviam o vinho.

3. [Figurado]   [Figurado]   Calamidade.

4. Origem de desgraças.


substantivo feminino Abertura larga por onde o vulcão expele as matérias inflamadas.
Depressões do terreno (principalmente na superfície lunar).
[Figurado] e Pop. Grande buraco.
Grande vaso grego de duas alças, no qual os antigos misturavam água e vinho.


Cratera (do grego κρατήρας, transl. kratí̱ras, “vaso”) é uma depressão existente no solo de qualquer corpo celeste. É caracterizada por bordas elevadas do que o terreno que as cerca.Pode ser provocada pelo impacto de um meteorito ou asteroide com a superfície de um planeta, satélites ou outros asteroides.
O termo é também utilizado para designar a depressão formada pelos vulcões; o termo cratera vulcânica não deve ser confundido com caldeira (geologia), uma estrutura de colapso ou abatimento formada pela descompressão nos sistemas vulcânicos.
Outras crateras podem ser provocadas pela erosão, afundamento do terreno, mineração, terremotos, explosões, desmoronamento de cavernas e etc.




Deixe um comentário