cromossomo

cromossoma cromossomo | s. m.
cro·mos·so·ma |ô| cro·mos·so·mo |ô|
(grego khrôma, -atos, cor + -soma )
nome masculino

[Genética]   [Genética]   Corpo ou filamento de cromatina que contém os factores da hereditariedade.• Grafia no Brasil: cromossomo. • Grafia no Brasil: cromossomo. • Grafia em Portugal:cromossoma. • Grafia em Portugal:cromossoma.


substantivo masculino Elemento figurado, característico do núcleo no momento da divisão celular.
Cromossomos homólogos, par de cromossomos tal, que um provém do ancestral masculino e outro do feminino.
Os cromossomos, em forma de grânulos de filamentos arqueados ou de bastões, são em número constante (e par) em todas as células de um mesmo indivíduo e em todos os indivíduos da mesma espécie. Contêm os genes, suportes materiais da hereditariedade.


Um cromossomo (português brasileiro) ou cromossoma (português europeu) é uma longa sequência de DNA, que contém vários genes, e outras sequências de nucleótidos (nucleotídeos) com funções específicas nas células dos seres vivos.Está intimamente relacionado à determinação do sexo e a herança genética. Muitas células características dos corpos dos eucariontes apresentam pares de cromossomos, essa condição é denominada estado diplóide (2n), são as células somáticas com 23 pares de cromossomos, totalizando 46 cromossomos; enquanto que as células sexuais ou gametas apresentam apenas uma cópia de cada cromossomo, ou seja 23 cromossomos no total, condição haplóide (n).
Cada par de cromossomo é diferente um do outro e diferentes pares de cromossomos tem diferentes conjuntos de genes. Os cromossomos membros de um par são homólogos, tem conjuntos iguais de genes, já os cromossomos de pares diferentes são denominados cromossomos heterólogos.Nos cromossomas dos eucariontes, o DNA encontra-se numa forma semi-ordenada dentro do núcleo celular, agregado a proteínas estruturais, as histonas (Fig. 1), e toma a designação de cromatina. Os procariontes não possuem histonas nem núcleo. Na sua forma não-condensada, o DNA pode sofrer transcrição, regulação e replicação.
Durante a mitose (ver divisão celular), os cromossomos encontram-se condensados e têm o nome de cromossomos metafásicos e é a única ocasião em que se podem observar com um microscópio óptico.O primeiro investigador a observar cromossomas foi Karl Wilhelm von Nägeli em 1842 e o seu comportamento foi descrito em detalhe por Walther Flemming em 1882. Em 1910, Thomas Hunt Morgan provou que os cromossomas são os portadores dos genes, Edmund Beecher Wilson constatou que o comportamento dos cromossomos durante a meiose poderia ser responsável pela herança do sexo.




Deixe um comentário