crustáceo




crustáceo | adj. | s. m. pl.
crus·tá·ce·o
adjectivo adjetivo

1. Que tem ou cria crusta.

2. Da natureza dos crustáceos.
crustáceossubstantivo masculino plural

3. Classe de animais articulados que têm o corpo revestido de uma crusta calcária.


adjetivo Que tem crusta ou crosta; coberto de crosta.
[Zoologia] Pertencente ou relativo à classe dos Crustáceos.
[Botânica] Frágil e delgado, mas que não se amolece com a água.
[Botânica] Diz-se do líquen que tem um talo crostoso que adere estreitamente às rochas, ao solo ou à casca de árvores.
Etimologia (origem da palavra crustáceo). Crusta + áceo.
substantivo masculino Espécime da classe dos Crustáceos.


Os crustáceos (lat. crusta, carapaça dura) são animais invertebrados artropódes. Entre eles estão alguns dos animais mais comuns que conhecemos, como siris, caranguejos , tatuzinhos-de-jardim, lagostas, cracas e camarões. Há mais de 67.000 espécies descritas de Crustáceos da fauna atual, e provavelmente um número 5 ou 10 vezes maior de espécies estão ainda para serem descobertas e catalogadas. Eles se apresentam como os animais mais abundantes, diversificados e com maior distribuição nos oceanos.Os crustáceos exibem uma diversidade impressionante de forma, de hábitos e de tamanho. O menor crustáceo conhecido apresenta menos de 100

μ
m

{\textstyle \mu m}
de comprimento. Os maiores são os caranguejos-aranha do Japão (Macrocheira kaempferi), com 4m de abertura de pernas, e o caranguejo gigante da Tasmânia (Pseudocarcinus gigas).A maioria dos crustáceos são aquáticos, sendo encontrados em todas as profundidades dos diversos ambientes marinhos (planctônicos, bentônicos). Também existem muitas espécies de água doce, além de grupos semi-terrestres (e.g. manguezais). Alguns grupos obtiveram sucesso em ambiente terrestre. Geralmente os crustáceos tem hábito de vida livre, mas há grupos parasitas (Branchiura) e sesséis (Cirripedia).
A diversidade morfológica dos crustáceos é maior que a de qualquer outro grupo de artrópodes, talvez maior de que qualquer outro animal. Seu corpo está dividido ao menos em cabeça e tórax (e.g. Remipedia) e, na maioria das vezes, também em abdómen; e têm um número variável de pernas.Uma característica distinguível dos crustáceos é a presença de dois pares de antenas. Além disso, eles podem possuir uma carapaça que, inclusive, nomeia o grupo.Assim como todos como os outros artrópodes, apresentam um esqueleto externo (formado por cutícula) e crescimento por mudas, além de apêndices articulados e corpo segmentado. Porém, diferentemente dos outros grupos, seus apêndices seguem um padrão birreme, isto é, composto por dois ramos. Apresentam desenvolvimento indireto e sua formal larval típica, é a náuplio (larva livre natante e com espinhos cefálicos).Alguns crustáceos podem ser considerados mais próximos dos Hexapoda (e.g. insetos) do que de outros crustáceos. Atualmente Crustácea não é reconhecido como um grupo monofilético, mas como três linhagens principais. Por tanto, uma série de estudos atuais sugerem que ele seja um grupo parafilético que integram os Pancrustacea, juntamente com os hexápoda.