degeneração

degeneração | s. f. derivação fem. sing. de degenerar
de·ge·ne·ra·ção
substantivo feminino

1. Desvio parcial do tipo primitivo.

2. Perda das boas qualidades próprias ou herdadas.

3. [Figurado]   [Figurado]   Corrupção, depravação.

4. [Medicina]   [Medicina]   Alteração mórbida de um sólido ou líquido orgânico.
de·ge·ne·rar de·ge·ne·rar – Conjugar
verbo intransitivo

1. Sofrer degeneração.

2. [Figurado]   [Figurado]   Mudar de bem para mal, de mal para pior.

3. Corromper-se; estragar-se, adulterar-se.


substantivo feminino Perda ou destruição das características originais de; degenerescência: o Parkinson é uma doença que causa a degeneração do sistema nervoso central.
Diminuição, perda ou modificação das qualidades originais que caracterizam um ser vivo; abastamento.
Alteração para o pior; ação de decair; decaimento.
Ação ou efeito de degenerar; ato de se degenerar.
[Figurado] Alteração da função normal de alguma coisa; perversão.
Etimologia (origem da palavra degeneração). Do latim degeneratio.onis.


Este artigo trata do significado social-filosófico de degeneração. Para outros significados associados ao tema, ver degenerescência.A ideia de degeneração exerceu uma grande influência na ciência, arte e política, dos anos 1850 aos anos 1950. A teoria social desenvolveu-se em consequência à Teoria da Evolução de Charles Darwin.
A evolução significava que o desenvolvimento da humanidade não era mais algo fixo e certo, mas podia mudar e evoluir ou degenerar num futuro incerto, possivelmente um futuro sombrio que se chocaria com a analogia entre evolução e civilização como uma direção progressiva positiva. Como consequência, teóricos assumiram que a espécie humana poderia ser superada por uma espécie mais adaptável ou as circunstâncias poderiam mudar e desenvolver uma espécie mais adaptada.
A teoria da degeneração apresentava uma perspectiva pessimista para o futuro da civilização ocidental, visto acreditar que o progresso do século XIX havia começado a trabalhar contra si mesmo. Em 1890, aqueles mais preocupados com a degeneração eram os progressistas, diferentemente dos conservadores, defensores do status quo.


Deixe um comentário