dentes

A palavra dentes possui uma classificação gramatical como sendo um substantivo masculino. Ademais, referida palavra possui 06 letras, dentre elas vogais e consoantes. As vogais são: e, já as consoantes são: d, n, t, s. Por outro lado, dita palavra pode ser escrita de outro modo, ou seja, ao contrário, ficando assim: setned. Além disso, dita palavra é classificado como sendo um osso localizado no alvéolo palatino, sendo num total de 20 na infância e 32 enquanto adulto.Significado de dentes

A palavra dente provem do latim dentis. É considerado como um órgão anatômico duro, localizados nos processos alveolares da maxila e da mandíbula, através de um tipo especial chamado gomphosis conjunto, em que as estruturas diferentes se compreendem em: cimento osso alveolar dental e ambos ligados pelo ligamento periodontal. O dente é composto de tecidos mineralizados (cálcio, fósforo, magnésio), que dão dureza. Juntos, eles formam a dentição decídua (dentes ou “leite”) e a dentição permanente. Os que possuem dentes decíduos (decídua) tem 20 dentes, cuja aparência começa seis meses após o nascimento e sua substituição por dentes permanentes dura até cerca de 12 anos. Os dentes permanentes começam a erupção de cerca de seis anos de idade, e vai substituir os dentes da primeira dentição para atingir a idade dos adolescentes. A dentição permanente é composta por 32 dentes. Na idade de 16 a 25 anos podem atingir terceiros molares em erupção (chamados “dentes do siso ou terceiros molares”), cuja retenção na mandíbula é muito comum.

Os dentes são estruturas de tecidos mineralizados que começam a desenvolver a partir de vida embrionária, e começam sua erupção nos primeiros seis meses de vida, que ajudam no processo de mastigação dos alimentos para uma boa digestão. O dente realiza a primeira etapa de digestão e também participa na comunicação oral. Basicamente no dente pode ser reconhecido duas partes, a coroa dentária, parte coberta com esmalte e raiz do dente que não visível numa boca saudável. Os dentes, ordenados do centro para as mandíbulas cortam com incisivos, caninos, os pré-molares e molares.

Partes do dente: esmalte dental: é um tecido composto por hidroxiapatita e proteínas (proporção muito baixa). É mais difícil do tecido no corpo humano. Em áreas onde o esmalte é mais fino ou gasto, ele pode ser extremamente sensível. O esmalte é translúcido, insensível à dor, porque nele não há terminações nervosas. Com cristais de fluoreto que é muito mais resistente do ao ataque das cáries dentárias que ali são formados.

Dentina: tecido mineralizado, mas em menor grau do que o esmalte. É responsável pela cor dos dentes. Ele contém túbulos onde projetam a odontoblástica, chamadas de fribillas de Thomes, que são a causa da sensibilidade. As propriedades físicas da dentina são: cor, radiopacidade, translucidez, elasticidade, dureza e permeabilidade.

Cemento: tecido conjuntivo altamente especializado. É uma camada dura, opaca e amarelada que cobre a dentina na raiz do dente. É responsável por unir o órgão dental com osso alveolar através do ligamento periodontal.

Polpa dentária: tecido é constituído por um tecido mole contendo vasos sanguíneos (artérias e veias) que transportam o sangue para as fibras do nervo do dente e que dão sensibilidade dentária. Esses nervos atravessar a raiz (dente), através de canais finos. Sua célula principal é a odontoblasto. Elas produzem dentina e são aquelas que mantém a vitalidade da dentina.

Periodontal: Estas são as estruturas que suportam os dentes e dão sustentabilidade.Sinônimos de dentes

São sinônimos de dentes as seguintes palavras:Antônimos de dentes

São antônimos de dentes as seguintes palavras:Exemplos de usos e frases

A dor de dente é causada pela má higienização dos dentes.

Não gostaria que você comesse doces porque dará cáries em seus dentes.

Os dentes fortes e saudáveis são sinônimos de uma boa limpeza.

 



Deixe um comentário