O que é abstinência

abstinência | s. f.
abs·ti·nên·ci·a
(latim abstinentia, -ae, respeito pelo que é dos outros, acção de se abster )
substantivo feminino

1. Privação voluntária de algo.

2. [História natural]   [História natural]   Período durante o qual alguns animais não se alimentam por estarem entorpecidos.

3. [Religião católica]   [Religião católica]   Privação de certos alimentos. = JEJUM

4. Privação de actividade sexual. = CONTINÊNCIA


substantivo feminino Ação de abster, de se privar de alguma coisa, em particular de um alimento, por uma razão religiosa; privação: abstinência de carne.
Ação de se abster do contato ou de ter relações sexuais; continência.
Ação de evitar certos vícios dos quais se é dependente.
[Economia] Diminuição de consumo para acumulação de capital, através da manutenção da receita.
Etimologia (origem da palavra abstinência). Do latim abstinentia.ae.


Abstinência (do latim abstinentĭa,ae: ‘ação de se abster, temperança, domínio dos apetites’) é o ato de se abster ou privar-se de algo. Originalmente, o termo pertence ao vocabulário do estoico (conforme a máxima, atribuída a Epiteto, sustine et abstine: ‘suporta e abstém-te’) e cristão, no sentido de renúncia voluntária à satisfação de uma necessidade ou desejo.
Os motivos que levam uma pessoa a entrar em abstinência podem ser muitos, desde motivos de saúde até questões de ordem filosófica ou religiosa (como a abstenção de comer carne, por parte dos católicos, em todas as sextas-feira do ano). Na atualidade, a palavra adquiriu outros sentidos, aludindo principalmente à abstenção do consumo de álcool (abstemia) ou à abstinência sexual.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *