O que é amizade

amizade | s. f.
a·mi·za·de
(latim vulgar amicitas, -atis, do latim amicitia, -ae )
substantivo feminino

1. Sentimento de afeição e simpatia recíprocas entre dois ou mais entes (ex.: obrigado pelo carinho e pela amizade). ≠ DESAMIZADE, INIMIZADE

2. Pessoa em relação a quem se tem esse sentimento (ex.: fazer novas amizades). = AMIGO

3. Relação de entendimento, concordância, afinidade (ex.: amizade luso-angolana). ≠ INIMIZADE

4. [Antigo]   [Antigo]   Concubinato, mancebia.

5. [Brasil, Informal]   [Brasil, Informal]   Forma de tratamento cordial (ex.: tudo bem, amizade?). = AMIGO, CHAPA, NOSSA-AMIZADE

amizade colorida • Relacionamento afectivo e sexual sem compromisso assumido com o parceiro.


substantivo feminino Afeição, estima, dedicação recíproca entre pessoas: laços de amizade.
Relacionamento social: ele tem facilidade para fazer amizades.
Pessoa que é amiga, companheira: ela era minha melhor amizade.
Simpatia de certos animais pelo homem: o cão é amigo do dono.
Aceitação mútua acerca de alguma coisa: acordo de amizade.
Ação que demonstra bondade ou compreensão; benevolência.
[Brasil] Pode ser utilizado como forma de tratamento; meu amigo: não fale assim comigo, amizade!
Etimologia (origem da palavra amizade). Do latim amicitatem.


Amizade (do termo latino vulgar amicitate) é uma relação afetiva, a princípio sem características romântico-sexuais, entre duas pessoas. Em sentido amplo, é um relacionamento humano que envolve o conhecimento mútuo e a afeição, além de lealdade ao ponto do altruísmo. Neste aspecto, pode-se dizer que uma relação entre pais e filhos, entre irmãos, demais familiares, cônjuges ou namorados, pode ser também uma relação de amizade, embora não necessariamente.
A amizade pode ter, como origem, um instinto de sobrevivência da espécie, com a necessidade de proteger e ser protegido por outros seres. Alguns amigos se denominam “melhores amigos”. Os melhores amigos, muitas vezes, se conhecem mais que os próprios familiares e cônjuge, funcionando como um confidente. Para atingir esse grau de amizade, muita confiança e fidelidade são depositadas.
Muitas vezes, os interesses dos amigos são parecidos e demonstram um senso de cooperação. Mas também há pessoas que não necessariamente se interessam pelo mesmo tema, mas gostam de partilhar momentos juntos, pela companhia e amizade do outro, mesmo que a atividade não seja a de sua preferência.
A amizade é uma das mais comuns relações interpessoais que a maioria dos seres humanos tem na vida. Em caso de perda da amizade, sugere-se a reconciliação e o perdão. Carl Rogers diz que a amizade “é a aceitação de cada um como realmente ele é”.
Popularmente, disse-se que “o cão é o melhor amigo do homem”.
O Dia do Amigo (também conhecido como “Dia da Amizade”) é comemorado em 20 de julho.
A amizade, tem sido considerada pela religião e cultura popular, como uma experiência humana de vital importância, inclusive tendo sido santificada por várias religiões. Na Epopeia de Gilgamesh, se relata a amizade entre Gilgamesh e Enkidu. Os greco-romanos tinham, entre outros vários exemplos, a amizade entre Orestes e Pílades. Na Bíblia, cita-se, no livro 1 de Samuel, a amizade entre Davi (que depois se tornaria rei em Israel) e Jónatas (filho do Rei Saul) . Os evangelhos canônicos falam a respeito de uma declaração de Jesus, “Nenhum amor pode ser maior que este, o de sacrificar a própria vida por seus amigos.”. Salomão escreveu a sabedoria da amizade em seus Provérbios: “Em todo o tempo ama o amigo, e na angústia se faz o irmão”.As relações de amizade são amplamente retratadas tanto na literatura como no cinema e na televisão. Como exemplos, podemos citar: Dom Quixote e Sancho Pança, Sherlock Holmes e Watson, os Três Mosqueteiros, O gordo e o magro, Os três patetas, a série Friends, entre outros.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *