O que é anatomia

anatomia | s. f.
a·na·to·mi·a
(latim anatomia, -ae, do grego anatome, -es, dissecção )
nome feminino

1. Arte de dissecar as partes dos corpos organizados para lhes estudar a estrutura.

2. [Medicina]   [Medicina]   Ramo da medicina que estuda a forma e a estrutura do corpo humano e das suas partes constituintes.

3. Obra de anatomia.

4. [Figurado]   [Figurado]   Análise.

5. Conformação do corpo.


substantivo feminino Estudo da estrutura dos seres orgânicos através da dissecação, tendo em vista a forma e a disposição dos órgãos.
Ação de dissecar: fazer a anatomia de um cadáver.
Conformação do corpo: uma bela anatomia.
[Figurado] Análise minuciosa: fazer a anatomia do texto.


Anatomia (do grego ἀνατέμνω anatemnō “cortar em partes”) é o campo da biologia que estuda a organização estrutural dos seres vivos, incluindo os sistemas, órgãos e tecidos que os constituem, a aparência e posição das várias partes, as substâncias de que são feitos, a sua localização e a sua relação com outras partes do corpo. O termo anatomia é geralmente usado como sinónimo de anatomia humana. No entanto, as mesmas estruturas e tecidos podem ser observadas em praticamente todo o reino animal, pelo que o termo também se refere à anatomia dos outros animais, sendo neste caso por vezes usado o termo zootomia. Por outro lado, a estrutura e tecidos das plantas são de natureza diferente e são estudados pela anatomia vegetal.A anatomia distingue-se da fisiologia e da bioquímica, que estudam respetivamente as funções dessas partes e os processos químicos envolvidos. Está ligada à embriologia, à anatomia comparada, à biologia evolutiva e à filogenia, uma vez que são estes os processos que geram a anatomia. A disciplina da anatomia pode ser dividida em vários ramos, incluindo anatomia macroscópica e microscópica. A anatomia macroscópica é o estudo de estruturas anatómicas suficientemente grandes para poderem ser observadas a olho nu e engloba a anatomia de superfície. A anatomia microscópica é o estudo das estruturas a uma escala microscópica e engloba a histologia (o estudo dos tecidos) e a embriologia (o estudo de um organismo ainda imaturo).A história da anatomia caracteriza-se pela progressiva compreensão das funções dos órgãos e estruturas do corpo humano. Nos últimos séculos, os métodos de observação evoluíram de forma significativa, desde a dissecação de carcaças e cadáveres até às técnicas modernas de imagiologia médica, entre as quais radiografia, ecografia e ressonância magnética.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *