O que é átomo

átomo | s. m.
á·to·mo
substantivo masculino

1. Partícula que se considerava o último grau da divisão da matéria e que actualmente é considerada como tendo uma grande complexidade de funções.

2. [Figurado]   [Figurado]   Coisa tenuíssima; insignificância.

3. Momento, ocasião, instante.


substantivo masculino Fisioquímica. A menor partícula que compõe um elemento químico, composta pelo núcleo cujo interior está repleto de prótons e nêutros, e por elétrons que estão ao redor deste mesmo núcleo.
[Por Extensão] O que é excessivamente pequeno; insignificante.
[Por Extensão] Intervalo de tempo muito breve; instante.
[Filosofia] Segundo os adeptos do atomismo, a determinação das características de cada objeto é feita por partículas (infindáveis, pequenas e não divisíveis) que se combinam e se separam por serem movidas por forças da natureza.
Etimologia (origem da palavra átomo). Do grego átomos.os.on.


Átomo é uma unidade básica de matéria que consiste num núcleo central de carga elétrica positiva envolto por uma nuvem de eletrões de carga negativa. O núcleo atómico é composto por protões e neutrões. Os eletrões de um átomo estão ligados ao núcleo por força eletromagnética. Da mesma forma, um grupo de átomos pode estar ligado entre si através de ligações químicas baseadas na mesma força, formando uma molécula. Um átomo que tenha o mesmo número de protões e eletrões é eletricamente neutro, enquanto que um com número diferente pode ter carga positiva ou negativa, sendo desta forma denominado ião. Os átomos são classificados de acordo com o número de protões no seu núcleo: o número de protões determina o elemento químico e o número de neutrões determina o isótopo desse elemento.Os átomos são objetos minúsculos cujo diâmetro é de apenas algumas décimas de nanómetros e com pouca massa em relação ao seu volume. A sua observação só é possível com recurso a instrumentos apropriados, como o microscópio de corrente de tunelamento. Cerca de 99,94% da massa atómica está concentrada no núcleo, tendo os protões e neutrões aproximadamente a mesma massa. Cada elemento possui pelo menos um isótopo com nuclídeo instável que pode sofrer decaimento radioativo. Isto pode levar à ocorrência de uma transmutação que altere o número de protões ou neutrões no interior do núcleo. Os eletrões ligados a átomos possuem um conjunto estável de níveis energéticos, ou orbitais atómicas, podendo sofrer transições entre si ao absorver ou emitir fotões que correspondam à diferença de energia entre esses níveis. Os eletrões definem as propriedades químicas de um elemento e influenciam as propriedades magnéticas de um átomo. A mecânica quântica é a teoria que descreve corretamente a estrutura e as propriedades dos átomos.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.