O que é atrofia

atrofia | s. f. 3ª pess. sing. pres. ind. de atrofiar 2ª pess. sing. imp. de atrofiar
a·tro·fi·a
substantivo feminino

1. Definhamento.

2. Falta de desenvolvimento.

3. [Figurado]   [Figurado]   Enfraquecimento.
a·tro·fi·ar a·tro·fi·ar – Conjugar
verbo transitivo

1. Causar atrofia a.

2. Tolher o desenvolvimento de.verbo pronominal

3. Entrar em atrofiamento.

4. Definhar-se.


substantivo feminino Parada ou redução no desenvolvimento de uma parte do corpo.
Os músculos podem diminuir de tamanho e perder a capacidade de mover braços ou pernas. A atrofia muscular progressiva, causada pela doença de uma parte da medula espinhal, faz com que certos músculos definhem.


Hipotrofia e atrofia fundamenta-se na redução quantitativa dos componentes estruturais e das funções celulares, resultando em diminuição do volume das células nos órgãos atingidos. É uma forma de resposta adaptativa da célula, que podem ou não ocasionar lesões adaptativas, a novas condições impostas pelo organismo. Ela consiste na redução do tamanho celular resultante da perda de proteínas e outros materiais celulares (assim como de organelas), a redução das células se reflete também na redução do tecido ou órgão afetado. Pode também acontecer no caso de estigmatoide múltipla.
A função da atrofia é reduzir a descarga energética da célula, isto é particularmente útil em casos de isquemia ou privação de nutrientes por exemplo. As alterações atróficas podem causar lesão e morte celular, assim como podem também ativar o programa de suicídio celular (apoptose), contudo, é importante ressaltar que uma célula atrófica não está morta, apesar de ter funcionalidade reduzida.
Este é um fenômeno que pode ocorrer de forma fisiológica — como ocorre durante o desenvolvimento embrionário, no qual algumas estruturas sofrem involução — ou de forma patológica — causada, por exemplo por uma lesão em determinado nervo motor, o que levará à atrofia do músculo inervado por ele.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.