O que é caixão

caixão | s. m.
cai·xão
(caixa + -ão )
nome masculino

1. Caixa grande.

2. Caixa comprida, destinada a conter o corpo de um defunto que vai ser enterrado ou cremado. = ATAÚDE, ESQUIFE, FÉRETRO, TUMBA, URNA

3. Caixa para munições de artilharia.

4. Caixa de pólvora que se mete na mina.

5. [Engenharia]   [Engenharia]   Molde para revestimento de betão .

6. [Engenharia]   [Engenharia]   Estrutura de betão , usada como elemento estrutural em construções submersas e posteriormente preenchida com areia ou blocos maciços (ex.: quebra-mar de caixão vertical).

7. [Náutica]   [Náutica]   Espaço entre a almeida e a cabeça do leme.

de caixão à cova • [Portugal, Informal]   • [Portugal, Informal]   Muito grande em grau ou intensidade; muito forte (ex.: ele estava com uma bebedeira de caixão à cova).


substantivo masculino Tipo de caixa de madeira com a qual é possível enterrar e transportar pessoas mortas; urna funerária; ataúde, esquife.
Qualquer caixa de madeira ou outro material usada para transportar ou carregar coisas diversas; caixote.
[Construção] Parte presa à parede em portas e janelas; marco.
[Regionalismo: Norte e Nordeste] Parte mais funda num rio ou curso de água fechado; álveo, talvegue.
Mesa ou balcão usado pelo ourives para fazer seus trabalhos de ourivesaria.
[Botânica] Grande árvore brasileira, da família das lecitidáceas, gênero Cariniana legalis, com tronco de aproximadamente 1 metro de largura, cuja madeira de excelente qualidade e casca são largamente usadas na indústria; jequitibá-rosa.
[Gramática] Aumentativo de caixa; caixa grande.
[Portugal] Espécie de armadilha para caça.
Etimologia (origem da palavra caixão). Caixa + ão.


Um caixão, também conhecido por ataúde, esquife ou urna funerária, é uma caixa ou recipiente resistente e impermeável, provido em seu interior de material absorvente, usada para acondicionamento, transporte e sepultamento de restos mortais humanos. Existe um profissional responsável pelos cuidados para com os caixões em um cemitério, denominado coveiro. Em casos de cremação, as cinzas resultantes da incineração e moagem dos ossos, são guardadas em um receptáculo denominado urna cinerária.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *