O que é condicionamento

condicionamento | s. m. derivação masc. sing. de condicionar
con·di·ci·o·na·men·to
(condicionar + -mento )
nome masculino

1. Acto ou efeito de condicionar.

2. Conjunto das condições ou circunstâncias em que um facto se realiza.

4. [Psicologia]   [Psicologia]   Associação de um estímulo a uma reacção , através da repetição.
con·di·ci·o·nar con·di·ci·o·nar – Conjugar
(latim conditio, -onis, condição + -ar )
verbo transitivo

1. Tornar dependente de condição.

2. Ser condição de algo ou pôr como condição de algo.

3. Pôr ou impor condições, normar, restrições, limites ou modo de agir.

4. Influenciar ou determinar alguma coisa.

5. [Psicologia]   [Psicologia]   Associar um estímulo a uma reacção , através da repetição.

6. Arrumar ou guardar de determinada forma dentro de um espaço. = ACONDICIONAR

7. Fazer a dessecação de algo.verbo transitivo e pronominal

8. Adaptar ou adaptar-se a alguma coisa.


substantivo masculino Ação de condicionar, de providenciar o necessário para a realização de alguma coisa: condicionamento de verbas para o projeto.
Reunião das condições por meio das quais uma ação é realizada; circunstâncias.
[Psicologia] Associação por repetição de um estímulo a uma reação não natural, fazendo com que esse estímulo passe a provocá-la sempre.
[Psicologia] Processo através do qual uma resposta é causada por um estímulo, diferentemente do que aconteceria naturalmente.
Etimologia (origem da palavra condicionamento). Condicionar + mento.


Condicionamento é a ação de condicionar, de providenciar o necessário para a realização de alguma coisa: condicionamento de verbas para um projeto, por exemplo. É a reunião das condições por meio das quais uma ação é realizada; circunstâncias. Em psicologia, é a associação por repetição de um estímulo a uma reação não natural, fazendo com que esse estímulo passe a provocá-la sempre. É o processo através do qual uma resposta é causada por um estímulo, diferentemente do que aconteceria naturalmente. Refere-se a dois fenômenos de aprendizagem distintos:

condicionamento clássico e
condicionamento operante.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *