O que é cor

cor | s. m. cor | s. f. | s. f. pl.
cor |ó| cor |ó| 2
(latim cor, cordis, coração )
substantivo masculino

1. [Antigo]   [Antigo]   Coração.

2. [Antigo]   [Antigo]   Afecto .

3. [Antigo]   [Antigo]   Desejo, inclinação, vontade.

4. [Antigo]   [Antigo]   Coragem.

de cor • De memória.

de cor e salteado • Muito bem, muito a fundo.
cor |ô| cor |ô| 1
(latim color, -oris )
substantivo feminino

1. Impressão que a luz reflectida pelos corpos produz no órgão da vista.

2. Coloração ou tonalidade que algo apresenta, geralmente por oposição ao branco e ao preto.

3. Tonalidade forte, carregada ou escura (ex.: esta sala não tem cor).

4. Corante ou pigmento para pintar. = TINTA

5. Colorido da pintura.

6. Coloração rosada do rosto, por oposição à palidez.

7. Tintura para dar cor artificial ao rosto.

8. [Figurado]   [Figurado]   Aparência, desculpa; pretexto.

9. Distintivo de uma família, dum grupo, dum partido ou Estado.

10. Opinião, carácter .

11. Brilhantismo do estilo, de execução (vocal ou instrumental), etc.
coressubstantivo feminino plural

12. Bandeira que representa um grupo ou uma entidade.

a cores • Com recurso à cor e não apenas com branco, preto e tons de cinzento (ex.: fotografia a cores; imprimir a cores), por oposição a preto e branco.

cor de burro quando foge • Cor indefinida ou difícil de identificar.

cor de carne • Tonalidade entre o bege, o rosa e o acastanhado. = COR DE PELE

cor de laranja • Cor característica da casca da laranja, entre o amarelo intenso e o avermelhado, ou que tem essa cor. = LARANJA

cor de pele • O mesmo que cor de carne.

cor de vinho • Cor característica do vinho tinto, entre o vermelho escuro e o roxo, ou que tem essa cor. = BORDÔ

sob cor de • A pretexto de; com a aparência de.

ter boa cor • Ter bom aspecto ; ter ar saudável.Nota: As locuções adjectivais compostas com cor são invariáveis em género e número (ex.: carro cor de laranja; saia cor de vinho; óculos cor de laranja; dálias cor de vinho).

Ver também a dúvida linguística plural de cor de laranja.


substantivo feminino Impressão produzida no olho pela luz, segundo a sua própria natureza ou a maneira pela qual se difunde nos objetos: as cores do arco-íris.
Aparência dos corpos segundo o modo como refletem ou absorvem a luz.
substantivo feminino plural Coloração das faces: os ares do campo deram-lhe novas cores.
Marca distintiva da nacionalidade, que consiste no colorido das bandeiras, pavilhões, galhardetes, insígnias etc.
A própria bandeira nacional de um país: nos mastros viam-se as cores de cada delegação.
Qualquer sinal distintivo de um grupo, clube, associação etc.: as cores do Flamengo.
Pintura Qualquer uma das tintas ou combinações de tintas que se usam na pintura: as cores de Van Gogh.
Cor básica, nome dado ao vermelho, ao azul e ao amarelo pigmentares, pelo fato de, quando combinados, proporcionarem todas as outras cores.
Fam. Cor de burro quando foge, qualquer coloração indefinida ou indefinível.
Cores complementares, as cores complexas que, combinadas, dão a impressão de branco.
Cor elementar ou cor primitiva, qualquer uma das sete do espectro solar (vermelho, alaranjado, amarelo, verde, azul, anil e violeta).
Cor fria, qualificação dada em pintura ao verde, ao azul, ao anil, e ao violeta. (Dizem-se quentes as cores das outras faixas do espectro solar: amarelo, alaranjado e vermelho.).
Cor local, conjunto de circunstâncias acessórias que servem para caracterizar, numa obra de arte, um lugar ou uma situação: o candomblé, as comidas dão a cor local dos romances de Jorge Amado.
Cor neutra, cor que não se define (o cinza, o pardo etc.).
Cor pastel, cores esmaecidas e discretas, como o bege, o verde-musgo etc.
Mudar de cor, empalidecer ou enrubescer em determinada circunstância: mudar de cor sob o impacto de uma proposta indecorosa.
Perder a cor, empalidecer: de medo, perdeu a cor.
Tomar cor, definir-se, ajeitar-se. (Diz-se de um empreendimento vagaroso e difícil.).
Homens ou pessoas de cor, os negros e mulatos e, em certos casos, também os amarelos e os mestiços.


A cor é uma percepção visual provocada pela ação de um feixe de fótons sobre células especializadas da retina, que transmitem, através de informação pré-processada ao nervo óptico, impressões para o sistema nervoso.A cor de um objeto é determinada pela frequência da onda que ele reflete. Um objeto terá determinada cor se não absorver os comprimentos de onda que correspondem àquela cor. Assim, um objeto é vermelho se absorve preferencialmente as frequências fora do vermelho.
A cor é relacionada com os diferentes comprimentos de onda do espectro eletromagnético. São percebidas pelas pessoas, em faixa específica, e por alguns animais através dos órgãos de visão, como uma sensação que nos permite diferenciar os objetos do espaço com maior precisão.
Considerando as cores como luz, a cor branca resulta da sobreposição de todas as cores primárias (verde, azul e vermelho), enquanto o preto é a ausência de luz. Uma luz branca pode ser decomposta em todas as cores (o espectro) por meio de um prisma. Na natureza, esta decomposição origina um arco-íris.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *