O que é cortiça

cortiça | s. f.
cor·ti·ça
(latim corticea, feminino de corticeus, -a, um, relativo a casca, a cortiça, de cortex, -icis, casca )
nome feminino

1. Casca do sobreiro, do sobro e da azinheira. = CORCHA

2. Peça dessa casca, após tratamento, que pode ter diversas aplicações.

3. Crosta movediça que se forma à superfície do mosto, do azeite que se espreme no lagar, etc.

4. Bóia de cortiça.

5. [Pesca]   [Pesca]   Peça de cortiça que impede as redes de pesca de ir ao fundo.


substantivo feminino Tecido vegetal formado de células mortas impregnadas de suberina e que constituem o elemento principal da casca das raízes e dos troncos envelhecidos de certas árvores, sobretudo do sobreiro.


Cortiça é um material de origem vegetal da casca (súber) dos sobreiros (Quercus suber), leve e com grande poder isolante. A razão pela qual a cortiça possui estas características é a sua composição rica em suberina, uma substância lipídica (gordurosa) que se acumula na parede celular. A presença desta substância numa primeira fase impede a entrada de agentes patogênicos e de qualquer substâncias tóxica na célula e numa fase posterior a passagem de nutrientes para a célula, causando a sua morte.A primeira extracção da cortiça ocorre, normalmente, quando a árvore atinge entre 25 a 30 anos, sendo que a extracção ocorre nos meses de Junho a Agosto. Essa cortiça, por vezes com espessura considerável, recebe o nome de virgem e distingue-se substancialmente da cortiça de reprodução extraída nos períodos seguintes: é designada por secundeira na segunda tiragem e por amadia nas tiragens ou extracções subsequentes. A cortiça amadia é a de melhor qualidade, sendo por isso a mais valorizada, e a única que pode ser utilizada para o fabrico de rolhas. A partir desta fase, a cortiça é extraída a cada nove anos.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *