fleuma | s. f.
fleu·ma
(latim phlegma, -atis, do grego flégma, -atos, chama, fogo, calor )
substantivo feminino

1. [Antigo]   [Antigo]   [Medicina]   [Medicina]   Um dos quatro humores corporais admitidos na Antiguidade , a par da bílis amarela, da bílis negra e do sangue.

2. [Antigo]   [Antigo]   Humor aquoso. = PITUÍTA, SEROSIDADE

3. [Figurado]   [Figurado]   Qualidade ou atitude de quem não mostra emoção ou perturbação; qualidade ou atitude de quem se mostra pachorrento, paciente, frio. = IMPASSIBILIDADE, IMPERTURBABILIDADE

4. Aguardente não rectificada .

ter fleuma • Não se alterar; mostrar impassibilidade ou indiferença.

Sinónimo Sinônimo Geral: FLEGMA, FLEIMA, FLEUGMA, FREUMA


substantivo feminino Modo de agir da pessoa apática, calma, indolente, indiferente; mansidão: manteve a fleuma diante dos problemas.
[Figurado] Característica, natureza, modo de agir de quem não demonstra sentimentos, emoções; qualidade de quem não se perturba; frieza.
Humor ou líquido secretado pelo corpo; um dos quatro humores naturais, de acordo com a antiga medicina.
Resultado impuro da fermentação do sumo da cana-de-açúcar.
Etimologia (origem da palavra fleuma). Do latim phlegma; flegma.atis; pelo grego phlégma.atos.


A fleuma ou flegma ou ainda fleugma é um muco secretado pelas membranas mucosas de humanos e outros animais. Sua definição é limitada aos mucos produzidos pelo sistema respiratório, excluindo as “cacas de nariz” e o fluido da tosse.
Sua composição varia, dependendo do clima, da genética, e do estado do sistema imunológico, mas é basicamente um gel d’água consistindo de glicoproteínas, leucócitos, lipídeos. A fleuma pode ter muitas cores.


Deixe uma resposta 0

Your email address will not be published. Required fields are marked *