O que é hipercalcemia

hipercalcemia | s. f.
hi·per·cal·ce·mi·a
(hiper- + calcemia )
nome feminino

[Medicina]   [Medicina]   Quantidade de cálcio no sangue superior à que é considerada normal.


substantivo feminino Quantidade excessiva e anormal de cálcio no sangue, caracterizada por sintomas como fraqueza muscular, fadiga, náuseas ou anorexia.
Etimologia (origem da palavra hipercalcemia). Hiper + calcemia.


Hipercalcemia é um nível elevado de cálcio no sangue. (Concentrações normais: 9 – 10.5 mg/dL ou 2.2 – 2.6 mmol/L). A hipercalcemia é um problema clínico relativamente comum. Ocorre quando a entrada de cálcio na circulação excede a excreção de cálcio na urina ou deposição nos ossos. Isso ocorre quando há absorção óssea acelerada, absorção gastrointestinal excessiva, ou excreção renal diminuída de cálcio. Em algumas doenças, mais do que um mecanismo podem estar envolvidos. Como exemplos, o excesso de vitamina D aumenta tanto a absorção intestinal de cálcio, quanto a reabsorção óssea, e o hiperparatireoidismo primário aumenta a reabsorção óssea, reabsorção tubular de cálcio e a síntese renal de calcitriol (1,25-dihidroxivitamina D, o metabólito mais ativo da vitamina D) e a absorção intestinal de cálcio.
Entre todas as causas de hipercalcemia, hiperparatireoidismo primário e câncer são os mais comuns, correspondendo a cerca de 90% dos casos.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *