O que é sociedade

sociedade | s. f.
so·ci·e·da·de
(latim societas, -atis )
substantivo feminino

1. Reunião de pessoas unidas pela origem ou por leis.

2. Estado social.

3. Grupo, bando (falando dos animais).

4. União de pessoas ligadas por ideias ou por algum interesse comum. = AGREMIAÇÃO, ASSOCIAÇÃO

5. Reunião de pessoas que se juntam para conversar ou conviver; reunião.

6. Conjunto de pessoas de uma mesma esfera.

7. Trato; convivência.

8. Casa onde se reúnem as pessoas unidas por um interesse ou ideias comuns.

9. Associação.

10. Solidariedade de interesses.

11. Parceria.

alta sociedade • Conjunto das pessoas de condição social elevada ou que leva uma vida de luxo. = ALTA-RODA

sociedade anónima • [Comércio]   • [Comércio]   Empresa que tem o capital dividido em acções .

sociedade civil • Conjunto formado por cidadãos e organizações privadas e públicas que, não estando ligadas ao Estado, têm capacidade de intervenção pública e social.

sociedade de informação • Organização social na qual a tecnologia aliada à divulgação de informação assume um papel crucial.

sociedade de temperança • Associação que tem por fim combater o uso das bebidas alcoólicas.


substantivo feminino Reunião de homens e/ou animais que vivem em grupos organizados; corpo social.
Conjunto de membros de uma coletividade subordinados às mesmas leis ou preceitos.
Cada um dos diversos períodos correspondes à evolução da espécie humana: sociedade primitiva, feudal, capitalista.
União de várias pessoas que acatam um estatuto ou regulamento comum: sociedade cultural.
locução adverbial Em sociedade. Juntamente, em comum, em companhia, de parceria.
Alta sociedade. Conjunto de pessoas que se destacam pela sua posição social e econômica.
Sociedade anônima. Sociedade de capitais em que o capital social é dividido em ações que podem ser livremente transferidas de uma pessoa para outra.
Sociedade civil. Associação que não tem como objetivo o comércio ou fins lucrativos.
Sociedades secretas. Sociedades organizadas à margem da lei e do conhecimento público, algumas de caráter religioso, outras de caráter filantrópico ou, ainda, de caráter político.
Sociedade conjugal. União dos esposos.
Sociedade de Jesus. Designação dos jesuítas.
Etimologia (origem da palavra sociedade). Do latim societas.atis.


Em sociologia, uma sociedade (do termo latino societas, que significa “associação amistosa com outros”) é o conjunto de pessoas que compartilham propósitos, gostos, preocupações e costumes, e que interagem entre si constituindo uma comunidade.
A sociedade é objeto de estudo comum das ciências humanas e ciências sociais, especialmente a sociologia, a história, a antropologia e a geografia.
É um grupo de indivíduos que formam um sistema semiaberto, no qual a maior parte das interações é feita com outros indivíduos pertencentes ao mesmo grupo. Uma sociedade é uma rede de relacionamentos entre pessoas. Uma sociedade é uma comunidade interdependente. O significado geral de sociedade refere-se simplesmente a um grupo de pessoas vivendo juntas numa comunidade organizada.
A sociedade pode ser vista como um grupo de pessoas com semelhanças étnicas, culturais, políticas e/ou religiosas ou mesmo pessoas com um objetivo comum. Uma delimitação física (como um território, um país ou um continente) não pode definir uma sociedade, já que entre eles podem ter diferenças que podem se afastar do conceito da sociedade.
Está implícito, no significado de sociedade, que seus membros compartilham interesses ou preocupações mútuas sobre um objetivo comum. Como tal, “sociedade” é, muitas vezes, usado como sinônimo para o coletivo de cidadãos de um país governados por instituições nacionais que lidam com o bem-estar cívico.
Pessoas de várias nações unidas por tradições, crenças ou valores políticos e culturais comuns, em certas ocasiões, também são chamadas de sociedades (por exemplo, a Judaico-cristã, a Oriental, a Ocidental etc.). Quando usado nesse contexto, o termo age como meio de comparar duas ou mais “sociedades” cujos membros representativos representam visões de mundo alternativas, competidoras e conflitantes.
Também, alguns grupos aplicam o título “sociedade” a eles mesmos, como a “Sociedade Americana de Matemática”, por exemplo. Nos Estados Unidos, isto é mais comum no comércio, em que uma parceria entre investidores para iniciar um negócio é usualmente chamada de uma “sociedade”. No Reino Unido, parcerias não são chamadas de sociedade, mas cooperativas.
Embora haja quem considere que não existem sociedades nem classes sociaisː Margaret Thatcher (a “Dama de Ferro”), política britânica que ascendeu ao lugar de Primeiro-Ministro, chegou a afirmar que ela mesma (a sociedade) não existe. Conforme disse, só existem os indivíduos e suas famílias. Mas ela não foi a única a dizer que não existe sociedade.
Teóricos marxistas como Louis Althusser, Ernesto Laclau e Slavoj Zizek argumentam que a sociedade nada mais é do que um efeito da ideologia dominante e não deveria ser usada como um conceito sociológico.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *