sombra | s. f.
som·bra
(origem duvidosa )
substantivo feminino

1. Claridade atenuada pela interposição de um corpo entre ela e a fonte de luz.

2. Silhueta que um corpo desenha numa superfície quando ele se interpõe entre ela e o sol ou uma fonte de luz.

3. Em estádios, praças de touros, anfiteatros, etc., conjunto dos assentos da parte onde não dá o sol.

4. Ausência de luz. = ESCURIDÃO, TREVAS

5. Peça de candeeiro ou de vela para diminuir ou desviar a intensidade da luz. = BANDEIRA, PANTALHA

7. [Figurado]   [Figurado]   Leve defeito. = MÁCULA, NÓDOA, SENÃO

8. Feição que um objecto apresenta à vista. = APARÊNCIA,ASPECTO , VISO

9. Leve noção. = IDEIA , TINTURAS

10. Segredo; mistério.

11. Corpo magro, esquelético.

12. Pessoa que acompanha outra constantemente ou a persegue.

13. O que entristece o espírito.

14. Vislumbre do que perdeu o seu antigo brilho, a sua antiga grandeza ou influência.

15. Alma de um morto. = ESPECTRO , FANTASMA

16. [Cosmetologia]   [Cosmetologia]   Produto destinado a dar cor à zona das pálpebras.

17. [Pintura]   [Pintura]   Conjunto das tintas escuras que representam a sombra.

18. [Informal]   [Informal]   Prisão.

à sombra da bananeira • Numa posição de inacção ou de conformismo.

à sombra de • Sob a protecção de; ao amparo de.

estar à sombra • Estar em lugar onde não se é incomodado ou onde não se corre perigo; estar na cadeia.

na sombra • Sem ser identificado. = ANONIMAMENTE

nem por sombra(s) • De modo nenhum.

sombra e água fresca • [Informal]   • [Informal]   Vida despreocupada e ociosa (ex.: enquanto isso, os culpados continuam na sombra e água fresca).

sombra espúria • Penumbra de eclipse.

ter boa sombra • Ser simpático.

ter má sombra • Trazer consigo a infelicidade.


substantivo feminino Interceptação da luz por um corpo opaco: sombra da árvore.
Característica ou particularidade do que é escuro; escuridão, noite.
[Pintura] Cores escuras, sombrias de um desenho; sombreado.
[Figurado] Vestígio, leve aparência: não há sombra de dúvida.
[Figurado] Mácula, defeito, senão: só via suas sombras.
[Figurado] Alma, espírito, visão, fantasma: a sombra de Aquiles.
[Figurado] Quem pela sua magreza parece um espectro, uma sombra.
[Figurado] Quem acompanha ou persegue constantemente alguém.
O que perdeu o brilho, o poder, a influência que possuía.
Estagnação em relação ao progresso; prevalência da tirania, do erro: esperemos que passe a sombra desses tempos.
Condição de quem está completamente sozinho; solidão.
O que tem causa oculta, desconhecida ou incompreensível; mistério.
locução prepositiva À sombra de. Debaixo de alguma coisa que produz sombra.
[Figurado] Sob a proteção de algo ou de alguém: à sombra do pai.
expressão Sombras da morte. Aproximação da morte.
Sombras da noite. Escuridão; em que há trevas, escuridão.
Fazer sombra a. Obscurecer o merecimento de alguém com o próprio valor.
Lançar uma sombra sobre. Obscurecer, diminuir a importância de.
Passar como uma sombra. Ser de curta duração.
Nem por sombra(s). De modo algum; sem possibilidade.
Viver na sombra. Viver na solidão, em condições humildes.
Ter medo da própria sombra. Assustar-se por qualquer coisa.
Viver à sombra de (alguém). Ser protegido, auxiliado por (alguém).
Reino das sombras. Região dos mortos.
Etimologia (origem da palavra sombra). De origem questionável.


Uma sombra é uma região formada pela ausência parcial da luz, proporcionada pela existência de um obstáculo. Uma sombra ocupa todo o espaço que está atrás de um objeto com uma fonte de luz em sua frente. A sombra muda de posição conforme a origem da luz.
Exemplos de bloqueios da luz feitos por corpos:

Corpo completamente opaco: não permite a passagem de luz.
Corpo translúcido: permite, parcialmente, a passagem de luz, dependendo da opacidade.A sombra aparece sempre do lado oposto à fonte de luz e pode ser de diversos tamanhos, dependendo da distância em relação ao corpo bloqueador da luz e da distância da luz em relação ao corpo. Quanto maior a opacidade de um corpo, maior será o bloqueio de passagem da luz e mais nítida será a sombra.
Existem dois tipos de sombra: a sombra própria e a sombra projetada. A sombra própria é aquela que é formada pelo próprio objeto, por efeito de incidência da luz no objeto. A sombra projetada é quando um objeto em contacto com a luz forma uma sombra que é projetada posteriormente num plano ou até mesmo num outro objeto.
A sombra não pode ser classificada como possuindo velocidade fixa, sendo que depende da luz, mas se propaga de forma igual. Com um objeto no caminho, imediatamente surgirá a sombra em seu lugar, assumindo-se reagir a sombra tão rápido como a luz. Precisamos de uma fonte de luz (o Sol ou uma lâmpada, por exemplo) e de algum objeto ou algum ser vivo (por exemplo, os humanos) para produzi-la. As sombras variam de tamanho ao longo do dia: no começo da manhã, as sombras são mais longas. Por volta do meio-dia, as sombras são mais curtas. No fim da tarde, as sombras voltam a ser longas.


Deixe uma resposta 0

Your email address will not be published. Required fields are marked *