dissipação

dissipação | s. f. derivação fem. sing. de dissipar
dis·si·pa·ção
nome feminino

1. Acto ou efeito de dissipar.

2. Desaparição, desvanecimento, dispersão.

3. Desperdício.

4. Perda inútil.

5. Desregramento, vício, devassidão.
dis·si·par dis·si·par – Conjugar
verbo transitivo

1. Espalhar, derramar.

2. Consumir, destruir, esbanjar.

3. Dispersar.

4. Desvanecer, resolver, desfazer.

5. Perder, por excessos, a saúde ou forças.


substantivo feminino Ação de dissipar, de desperdiçar; desperdício.
Gasto exagerado, geralmente de dinheiro ou dos próprios bens materiais; esbanjamento.
Comportamento da pessoa perdulária, que desperdiça, esbanja.
Processo de dispersão que faz com que algo desapareça; desaparecimento.
Vida desregrada; devassidão, libertinagem, desregramento.
expressão Dissipação de energia. Perda gradual ou processo irreversível de transmissão de energia num sistema.
Etimologia (origem da palavra dissipação). Do latim dissipatio.


Em física, dissipação engloba o conceito de um sistema dinâmico onde importante modelos mecânicos, tais como ondas ou oscilações, perdem energia ao longo do tempo, tipicamente devido a adição de atrito ou turbulência. A energia perdida é convertida em calor, elevando a temperatura do sistema. Tais sistemas são chamados passivos e ativos.
Por exemplo, uma onda que perde amplitude é dita se dissipar. A natureza precisa dos efeitos depende da natureza da onda: uma onda atmosférica, por exemplo, pode dissipar-se próximo à superfície devido ao atrito com a massa de terra, e a mais níveis mais altos devido ao resfriamento radiante.
Forças dissipativas são aquelas as quais não podem ser descritas pelo formalismo Hamiltoniano. Superficialmente falando, atrito e todas as forças similares as quais resultam em decoerência de energia, que é, conversão de fluxo de energia coerente ou direto em uma distribuição de energia indireta ou mais isotrópica.
Em física computacional, a dissipação numérica (também conhecida como “difusão numérica”) refere-se a certos efeitos colaterais que podem ocorrer como resultado de uma solução numérica para a equação diferencial. Quando a equação de advecção pura, a qual é livre de dissipação, é resolvida por um método de aproximação numérica, a energia da onda inicial pode ser reduzida em um meio análogo a um processo difusional. Tal método é dito conter ‘dissipação’. Em alguns casos, “dissipação artificial” é intencionalmente adicionada para melhorar as características de estabilidade numérica da solução.Uma definição formal, matemática de dissipação, como comumente usado no estudo matemático de medida de preservação de sistemas dinâmicos, é apresentado no artigo conjunto errante.




Novas Palavras no dicionário

  • desumanamente
    desumanamente | adv. derivação de desumano de·su·ma·na·men·te (desumano + -mente ) advérbio De modo desumano. de·su·ma·no de·su·ma·no (des- + humano … Read more
  • sadista
    sadista | adj. 2 g. s. 2 g. sa·dis·ta ([Marquês de] Sade, antropónimo [escritor francês] + -ista ) adjectivo de … Read more
  • direcção
    direcção direção | s. f. di·rec·ção |èç| di·re·ção |èç| di·re·ção |èç| (latim directio, -onis, alinhamento, linha recta , direcção ) … Read more
  • dogma
    dogma | s. m. dog·ma (latim dogma, -atis, opinião, dogma, do grego dógma, -atos ) nome masculino 1. Ponto fundamental … Read more
  • maneiras
    maneira | s. f. | s. f. pl. fem. pl. de maneiro ma·nei·ra (latim popular manuaria, feminino de manuarius, -a, … Read more
  • divorciado
    divorciado | s. m. | adj. masc. sing. part. pass. de divorciar di·vor·ci·a·do substantivo masculino 1. Cônjuge separado do outro … Read more

Leave a Comment