eco

eco | s. m. eco | s. f. eco- | pref. eco- | pref. -eco | suf.
e·co |é| e·co |é| 1
(latim echo, -us )
substantivo masculino

1. Repetição de um som reenviado por um corpo duro.

2. Som assim repetido.

3. Som pouco claro. = RUMOR

4. Imitação ou repetição de palavras ou actos .

5. [Figurado]   [Figurado]   Pessoa que, quando fala, só repete o que outrem disse.

6. Notícia pouco clara ou sem fundamento. = BOATO, RUMOR

7. Recordação ou vestígio. = MEMÓRIA

8. Corrente de simpatia; bom acolhimento. = ADESÃO

9. [Física]   [Física]   Reflexão de uma onda electromagnética ou de radiofrequência .

10. [Linguagem poética]   [Linguagem poética]   [Versificação]   [Versificação]   Composição em que se repete a última parte do último verso.Confrontar: ecu.

e·co |é| e·co |é| 2
(redução de ecografia )
substantivo feminino

[Informal]   [Informal]   [Medicina]   [Medicina]   Ecografia.
eco- eco- 1
(grego oíkos, -ou, casa, habitação, bens )
prefixo

1. Exprime a noção de casa, domicílio.

2. Exprime a noção de meio ambiente, ecologia (ex.: ecocentro).

eco- eco- 2
(latim echo, -us )
prefixo

Exprime a noção de eco, ressonância (ex.: ecografia).

-eco |é| -eco |é|
(origem pré-romana )
sufixo

Forma diminutivos, geralmente pejorativos (ex.: estudanteco, livreco, tribuneca).


interjeição [Brasil] Grito usado pelos caçadores quando açulam os cães.


No âmbito da acústica e de processamento de sinal de áudio, um eco é uma reflexão de som que chega ao ouvinte pouco tempo depois do som direto. Exemplo típico é o eco produzido no fundo de uma escadaria, por um edifício, ou em uma sala, pelas paredes. Um eco verdadeiro é uma única reflexão da fonte de som. O intervalo de tempo é a distância extra dividida pela velocidade do som.
Chama-se reverberação o fato de tantas reflexões chegarem ao ouvinte que ele não as pode distinguir umas das outras.
A intensidade de um eco é frequentemente medida em dB com relação à onda transmitida diretamente.
Ecos podem ser desejáveis (como no radar ou sonar) ou indesejáveis (como nos sistemas telefônicos).
Em computação, um eco é a impressão ou visualização de caracteres à medida que:

são introduzidos via um dispositivo de entrada,
instruções são executadas, ou
estes são retransmitidos e recebidos de um terminal distante.É necessário existir um obstáculo que esteja a mais do que 17 metros de distância da pessoa que emite o som; o obstáculo tem que ser feito de um material polido e denso que não absorva o som.
O ser humano detecta dois sons que estejam separados por 0,1 segundos, ou seja, para a velocidade do som no ar (340 m/s), esse tempo representa 34 metros. Assim, se o obstáculo estiver a menos de 17 metros (ida e volta, totalizando 34 metros percorridos pela onda acústica) não detectamos a diferença entre o som que emitimos e o som que recebemos, e desse modo, o eco não acontece apesar da onda ter sido reflectida.




Deixe um comentário