elogio

elogio | s. m. 1ª pess. sing. pres. ind. de elogiar
e·lo·gi·o
(latim elogium, -ii, epitáfio )
nome masculino

Conjunto de palavras em favor de alguém ou de algo. = ENCÓMIO , LOUVOR, PANEGÍRICO
e·lo·gi·ar e·lo·gi·ar – Conjugar
(latim elogio, -are, descrever brevemente; declarar, expor )
verbo transitivo

1. Fazer o elogio ou manifestar opinião favorável em relação a algo ou alguém. = GABAR, LOUVAR ≠ CENSURARverbo transitivo e intransitivo

2. Encontrar virtudes ou qualidades; avaliar positivamente (ex.: elogiar as medidas tomadas; ele sabe criticar, mas também elogia, quando as coisas estão bem feitas).

Antónimo Antônimo Geral: CRITICAR


substantivo masculino Discurso favorável em louvor a alguém: elogio aos professores.
[Por Extensão] Opinião agradável, que demonstra admiração ou ressalta as boas qualidades de uma coisa ou pessoa: estava feliz com os elogios do chefe; sua exposição artística recebeu muitos elogios.
Manifestação discursiva em louvor, exaltando algo ou alguém; louvor: elogio à solidão.
Etimologia (origem da palavra elogio). Do latim elogium.Ii, pelo grego e + lógion.ou.


Elogio é o enaltecimento de uma qualidade ou virtude de algo ou alguém. É uma ferramenta educacional utilizada também para motivar outras pessoas, aumentar sua auto-estima ou corrigir um defeito. No âmbito empresarial, o elogio é a ação que reconhece, de modo não financeiro, formal e geralmente publicamente, desempenho e atos de destaque da pessoal e/ou grupo de trabalho.




Deixe um comentário