embrião

embrião | s. m.
em·bri·ão
(grego émbruon, -ou )
substantivo masculino

1. Germe fecundado nos animais e em princípio de desenvolvimento.

2. Germe da planta (contido na semente).

3. [Figurado]   [Figurado]   Princípio informe ou ainda mal esboçado.


substantivo masculino [Zoologia] Organismo que ainda não se encontra em perfeito estado de desenvolvimento; organismo pouco desenvolvido que, situando-se no útero, ainda está dentro do ovo.
Organismo em via de desenvolvimento, desde o ovo fecundado até a concretização de uma forma autônoma e ativa de vida.
[Medicina] O ser humano que ainda se encontra em desenvolvimento, geralmente possuindo oito semanas de vida.
Ginecologia. Designação dada ao ser humano (até o terceiro mês de gestação) que ainda se encontra em desenvolvimento no ventre materno.
[Botânica] Estado rudimentar de uma planta compreendido desde o período de diferenciação dos tecidos da célula-ovo, até a germinação. Nos fanerógamos, o termo embrião designa os estádios que terminam com a formação de plântula.
[Figurado] Primeira manifestação; aparecimento inicial; começo, início: o estudante moderno é o embrião da revolução.
plural Embriões.
Etimologia (origem da palavra embrião). Do grego émbryon.


O embrião corresponde ao estágio inicial do desenvolvimento de um organismo. Nas plantas, é uma parte da semente; nos animais, é o produto das primeiras modificações do óvulo fecundado, que vai dar origem a um novo indivíduo.O embrião corresponde ao germe fecundado nos animais e ao germe (ou gérmen) da planta, estrutura embrionária contida na semente ou na raiz.




Deixe um comentário