epidemia

epidemia | s. f.
e·pi·de·mi·a
(grego epidemía, -as )
substantivo feminino

1. Doença que, numa localidade ou região, ataca simultaneamente muitas pessoas.

2. [Figurado]   [Figurado]   Coisa mais ou menos molesta ou criticável que é adoptada por muitos.


substantivo feminino [Medicina] Aumento fora do comum do número de pessoas contaminadas por uma doença em determinada localidade e/ou região: epidemia de dengue.
[Medicina] Doença infecciosa e contagiosa que se espalha ou ataca com rapidez um grande número de pessoas, numa determinada região.
Auge de um fenômeno, comportamento, ações etc.: epidemia de desempregados; epidemia de queixas.
[Figurado] Ação de generalizar com muita rapidez o que está na moda: epidemia de vestidos curtos.
Etimologia (origem da palavra epidemia). Do grego epidemía.as, “disseminação de uma doença contagiosa”.


Por epidemia (do Grego ἐπί epi “sobre ou acima de” e δῆμος demos “povo”) considera-se a rápida disseminação duma doença sobre um grande número de pessoas numa determinada população dentro dum curto período de tempo. Por exemplo, nas infecções meningocócicas, uma taxa de ataque superior a 15 casos por 100 000 pessoas por duas semanas consecutivas é considerada uma epidemia.As epidemias de doenças infecciosas são geralmente causadas por vários fatores, incluindo uma mudança na ecologia da população hospedeira (por exemplo, aumento do stress ou aumento da densidade de uma espécie vetor), uma mudança genética no reservatório de patógenos ou a introdução de um patógeno emergente numa população hospedeira (por movimento de patógeno ou hospedeiro). Geralmente, uma epidemia ocorre quando a imunidade do hospedeiro a um patógeno estabelecido ou a um novo patógeno emergente é subitamente reduzida abaixo da encontrada no equilíbrio endémico e o limiar de transmissão é excedido.Um surto epidemico pode restringir-se a uma comunidade ou região; no entanto, se se espalhar para outros países ou continentes e afetar um número substancial de pessoas, pode ser chamado de pandemia. A declaração de uma epidemia geralmente requer uma boa compreensão da linha de base da taxa de incidência; epidemias para certas doenças, como a gripe, são definidas como atingindo um aumento na incidência dessa linha de base. Alguns casos como uma doença muito rara podem ser classificados como epidemia, enquanto que noutros como uma doença comum (como uma simples constipação) não o seriam.




Novas Palavras no dicionário

  • desumanamente
    desumanamente | adv. derivação de desumano de·su·ma·na·men·te (desumano + -mente ) advérbio De modo desumano. de·su·ma·no de·su·ma·no (des- + humano … Read more
  • sadista
    sadista | adj. 2 g. s. 2 g. sa·dis·ta ([Marquês de] Sade, antropónimo [escritor francês] + -ista ) adjectivo de … Read more
  • direcção
    direcção direção | s. f. di·rec·ção |èç| di·re·ção |èç| di·re·ção |èç| (latim directio, -onis, alinhamento, linha recta , direcção ) … Read more
  • dogma
    dogma | s. m. dog·ma (latim dogma, -atis, opinião, dogma, do grego dógma, -atos ) nome masculino 1. Ponto fundamental … Read more
  • maneiras
    maneira | s. f. | s. f. pl. fem. pl. de maneiro ma·nei·ra (latim popular manuaria, feminino de manuarius, -a, … Read more
  • divorciado
    divorciado | s. m. | adj. masc. sing. part. pass. de divorciar di·vor·ci·a·do substantivo masculino 1. Cônjuge separado do outro … Read more

Leave a Comment