espiráculo




espiráculo | s. m.
es·pi·rá·cu·lo
nome masculino

Orifício por onde sai o ar; respiradouro; respiração.


substantivo masculino Abertura pequena ou canal estreito que comunicam um espaço confinado com o ar exterior; respiradouro.
[Zoologia] Venta de um cetáceo.
[Zoologia] Abertura traqueal externa de um artrópode terrestre que, num inseto, é cada um de uma série de pequenos orifícios, mais ou menos elípticos.
Etimologia (origem da palavra espiráculo). Do latim spiraculu.


Espiráculo é a denominação de um orifício respiratório que certos animais marinhos possuem, responsável pelo contato do ar ou da água com seu sistema respiratório interno.
No caso dos mamíferos marinhos, o espiráculo conduz o ar que respiram até os pulmões. O orifício é controlado pelo animal, podendo abrir e fechar para conter a respiração quando submergido. Pode também ser utilizado para produzir ou modular sons, como em algumas espécies de baleias.
Outras criaturas marinhas têm o espiráculo para conduzir a água até suas brânquias (para depois ser “exalado”) e, geralmente, o tem aberto sempre. O fechamento do espiráculo evita a perda de água, e este só abre quando há uma quantidade significativa de gás carbônico estiver próximo a ele, dentro da traqueia. Quando aberto, há perda de água.
Nos peixes gnatostomados, essa estrutura está presente apenas na classe dos chondryctyes.