estereótipo

estereótipo | s. m. estereotipo es·te·re·ó·ti·po
(estereo- + -tipo )
substantivo masculino

1. [Artes gráficas]   [Artes gráficas]   Chapa obtida pela fusão de chumbo numa matriz ou numa impressão. = CLICHÉ

2. Trabalho feito com essa chapa.

3. Ideia, conceito ou modelo que se estabelece como padrão.

4. Ideia ou conceito formado antecipadamente e sem fundamento sério ou imparcial. = PRECONCEITO

5. Coisa que não é original e se limita a seguir modelos conhecidos. = LUGAR-COMUM

6. [Patologia]   [Patologia]   Comportamento ou discurso caracterizado pela repetição automática de um modelo anterior, anónimo ou impessoal, e desprovidas de originalidade e da adaptação à situação presente. = ESTEREOTIPIA


substantivo masculino Padrão estabelecido pelo senso comum e baseado na ausência de conhecimento sobre o assunto em questão.
Concepção baseada em ideias preconcebidas sobre algo ou alguém, sem o seu conhecimento real, geralmente de cunho preconceituoso ou repleta de afirmações gerais e inverdades.
Algo desprovido de originalidade e repleto de clichês.
Comportamento desprovido de originalidade que, faltando adequação à situação presente, se caracteriza pela repetição automática de um modelo anterior, anônimo ou impessoal.
[Artes Plásticas] Forma de impressão em que os caracteres estão fixos e estáveis, clichê, matriz.
Que se adapta ao padrão de uma normalidade já fixada.
Etimologia (origem da palavra estereótipo). Estereo + tipo.


Estereótipo é o conceito ou imagem preconcebida, padronizada e generalizada estabelecida pelo senso comum, sem conhecimento profundo, sobre algo ou alguém.Estereótipo é usado principalmente para definir e limitar pessoas quanto a aparência (cor da pele, tipo de vestimentas, uso de acessórios, etc), naturalidade (região ou país de origem) e comportamento (religião, cultura, crença, nível de educação, etc).