estoque

estoque | s. m. estoque | s. m.
es·to·que 2
(francês antigo stoc, pau, estaca, espada comprida )
nome masculino

1. Arma branca, comprida e direita, que geralmente tem por bainha uma bengala oca.

2. Bengala de estoque.

3. Espécie de espadana de flores encarnadas.

estoque de água • Corrente impetuosa que passa por entre uma massa de água de corrente lenta ou nula.
es·to·que es·to·que 1
(inglês stock )
nome masculino

1. Mercadorias acumuladas ou em depósito (ex.: estoque de café). = RESERVA

2. Local onde essas mercadorias se encontram armazenadas.

3. Quantidade de qualquer produto ou valor (ex.: estoque da dívida).


substantivo masculino Porção de mercadorias armazenadas num depósito, numa loja.
Conjunto de mercadorias, matérias-primas, produtos acabados ou quase acabados etc., que constituem a propriedade de uma empresa.


Em administração, estoque (português brasileiro) ou existências/stock (português europeu), refere-se às mercadorias, produtos (finais ou inacabados) ou outros elementos na posse de um agente económico. É usado sobretudo no domínio da logística e da contabilidade.
A gestão de estoques é um conceito que está presente em todo o tipo de empresas, assim como na vida cotidiana das pessoas. Desde o início Saldo sua história que a humanidade tem usado estoques de variados recursos, de modo a suportar o seu desenvolvimento e sobrevivência, tais como ferramentas e alimentos.No meio empresarial, se por um lado o excesso de estoques representa custos operacionais e de oportunidade do capital de No, por outro lado níveis baixos de estoque podem originar perdas de economias e custos elevados devido à falta de produtos. Regra geral, não é tarefa fácil encontrar o ponto ótimo neste trade-off. O alastrar do número de SKU’s (Stock Keeping Units), o aumento diferenciação de produtos, assim como da competição global, têm dificultado ainda mais essa tarefa.