ficar

ficar | v. intr. e pron. | v. pron. | v. tr. e intr. -ficar | suf.
fi·car – Conjugar
verbo intransitivo e pronominal

1. Permanecer; não sair de.

2. Restar.

3. Assentar, combinar.

4. Chegar, não passar de.

5. Achar-se.

6. Estar.

7. Deter-se, parar.

8. Tornar-se em.

9. Obter o resultado (indicado pelo adjectivo ).

10. Afiançar, responsabilizar-se.

11. [Jogos]   [Jogos]   Não pedir mais cartas.

12. Desistir (ao bilhar) de fazer trinta-e-um, procurando matar o parceiro que deixa a bola.verbo pronominal

13. Não ter reacção ou resposta.verbo transitivo e intransitivo

14. [Brasil, Informal]   [Brasil, Informal]   Manter relacionamento amoroso sem compromisso (ex.: você ficou com alguém na festa? Eles já ficaram algumas vezes).
-ficar -ficar
sufixo

Elemento que forma verbos e designa causar, fazer.


verbo predicativo, transitivo indireto e intransitivo Permanecer, alojar-se, continuar em um lugar: ficava sempre em casa; fiquei uma semana no hospital; ficamos ali.
verbo intransitivo Estar localizado em um determinado ponto: minha casa fica em frente ao banco; a cidade de Cunha fica no Estado de São Paulo.
verbo transitivo indireto Sofrer adiamento ou postergação: nossos planos ficaram para o ano que vem; o pagamento fica para amanhã.
verbo intransitivo Sobrar, restar, perdurar; subsistir: para mim ficou pouco da sua fortuna; nada ficou dos registros da época; apenas ela e seu irmão ficaram daquela família.
verbo intransitivo Não ir além, limitar-se: nossas ideias ficam por aqui; a discussão ficou por isso mesmo.
verbo transitivo indireto Fazer companhia, permanecer junto de alguém: ficou morando com a avó; ficou comigo no hospital.
verbo transitivo indireto Apossar-se de algo; manter algo em poder: ficou com o carro que pertencia aos três irmãos.
verbo transitivo indireto Custar uma determinada quantia: a ponte ficou em alguns milhões.
verbo intransitivo e transitivo indireto Receber por direito, merecimento ou sorte: ficou pouco para ele do dinheiro do bolão; fiquei com a medalha de ouro; ficaram com o prêmio do sorteio.
verbo transitivo indireto Manter informações ou opiniões em segredo: a viagem que faria ficou apenas entre ele e seu colega; fica entre nós o que penso sobre isso.
verbo transitivo direto e intransitivo [Popular] Namorar sem compromisso durante um curto período de tempo: ela fica com quem quiser, é uma mulher livre; sempre que se encontram em festas, acabam ficando.
verbo transitivo direto e intransitivo Ser acometido por doença: ficou gripado e faltou à aula; ficou com meningite e teve que ser isolado.
verbo predicativo Passar a ter ou adquirir certa característica: ficou triste de repente; a situação ficou confusa; fica mais bonito de barba.
verbo transitivo indireto Prometer, combinar: minha amiga ficou de vir sem falta à festa.
verbo predicativo Tornar-se, vir a ser, converter-se, transformar-se: ficou avarento depois de velho; quanto mais sofria, mais forte ficava; as bolachas ficaram duras.
verbo transitivo indireto Resultar, cair bem/mal: o vestido fica bem nela; o tapete fica mal aqui na sala.
Etimologia (origem da palavra ficar). Do latim vulgar “figiccare”, frequentativo de “figere”, fixar.
expressão Ficar bem: combinar, convir: você fica bem de amarelo.
Ficar mal: não combinar, não ter harmonia: essas calças ficam mal para Maria.
Ficar de: combinar, comprometer-se, prometer: sempre ficam de vir e nunca aparecem!


Ficar (português brasileiro) ou curtir (português europeu), na cultura luso-brasileira, é uma gíria designada a uma relação afetiva sem compromisso que, normalmente, não tem, associada, uma componente de fidelidade, uma vez que a sua natureza é, normalmente, efêmera. O ficar (ou uma curte, como é designado em Portugal) pode resumir-se a um encontro de apenas um dia ou uma noite. Este pode implicar somente uma troca de beijos e carícias ou resultar também num envolvimento mais íntimo de carácter sexual, mas que não se prolongará por muito no tempo.
No entanto, segundo algumas fontes, esta relação passageira não ultrapassará a troca de beijos e carícias porque, de um modo geral, os envolvidos não se encontram ainda maduros para a vida sexual.
Diferencia-se de namorar pelo fato de este envolver um compromisso afetivo e uma maior tendência à durabilidade. Também diferencia-se do relacionamento aberto pois, nesse outro, há uma certa relação de compromisso, como no namoro, enquanto a ficada, a princípio, não é continuativa. Também diferencia-se da amizade colorida pelo fato de os ficantes não serem necessariamente amigos.


Deixe um comentário