flâmula

flâmula | s. f.
flâ·mu·la
(latim flammula, -ae, diminutivo de flamma, -ae, chama )
substantivo feminino

1. Pequena chama.

2. Bandeira pequena terminada em bico. = GALHARDETE

3. Bandeira; pendão.


substantivo feminino Peça de pano quadrangular, com as cores de determinada nação, país ou agremiação, usada como símbolo; bandeira: o verde e amarelo da flâmula brasileira.
Tipo de enfeite representado por uma bandeira pequena, estreita e comprida cuja extremidade termina em ponta.
Pequena chama.
Etimologia (origem da palavra flâmula). Do latim flammula.ae.


Uma flâmula constitui um tipo de galhardete longo e estreito, destinado a ser arvorado no mastro principal de um navio de guerra, a fim de assinalar que o mesmo é comandado por um oficial da marinha de guerra.Como é comum na terminologia vexilológica, o termo “flâmula” aplica-se a realidades diferentes. Assim, se por um lado se refere especificamente à bandeira longa e estreita de comando dos navios de guerra, por outro lado é frequentemente utilizado como termo genérico que designa qualquer bandeira estreita, triangular ou farpada, incluindo as que servem de insígnias de clubes e de unidades militares. Por outro lado, os termos “galhardete”, “pendão”, “guião”, “bandeirola” e outros são igualmente usados para designar os mesmo tipos de bandeiras que em outras ocasiões são referidas como “flâmulas”.




Deixe um comentário