gigante

gigante | s. m. | adj. 2 g.
gi·gan·te
(latim Gigas, -antis, cada um dos Gigantes [seres monstruosos filhos da Terra, que queriam destronar Júpiter], do grego Gígas, -antos )
substantivo masculino

1. Pessoa de estatura muitíssimo alta.

2. [Figurado]   [Figurado]   Pessoa eminente pelo talento, pelo valor, pela importância, etc.

3. Animal muito grande.

4. [Arquitectura]   [Arquitetura]   [Arquitetura]   O mesmo que contraforte.adjectivo de dois géneros adjetivo de dois géneros

5. Excessivamente alto.

6. [Figurado]   [Figurado]   Admirável, portentoso.

7. Magnânimo.

8. De grandes dimensões. = COLOSSAL, DESMEDIDO, IMENSO

a passos de gigante • Muito depressa.


adjetivo, substantivo masculino Diz-se de, ou pessoa, animal ou vegetal etc., de crescimento descomunal.
Extraordinário, de grandes dimensões, portentoso: obra gigante.
Raça de seres que se assemelhavam aos homens, mas eram muito maiores, conhecidos na mitologia grega e romana.
Os antigos gregos e romanos acreditavam que as pessoas ficaram menores com o passar do tempo. Pensavam que os seus antepassados eram seres enormes, de grande força e energia.


Gigantes são figuras comuns em folclores e lendas, sendo caracterizados como humanos ou humanoides de grande tamanho, que varia em cada lenda. Graças à sua grande estatura são atribuídos a gigantes grande força e resistência, algumas vezes são retratados como burros e ignorantes e outras como inteligentes e até amigáveis. Um conceito simples, gigantes aparecem em lendas e histórias de todo o mundo, até mesmo sendo citados na Bíblia.
Os gigantes para a mitologia nórdica são os inimigos dos deuses supremos, como Geirröd, que trava uma batalha mortal com Thor, o qual é filho do poderoso deus Odin.
Estes seres são enormes em suas proporções físicas e têm a capacidade de se transformarem em quaisquer criaturas (animada ou inanimada) dos quatro cantos do mundo. Assim, tendo o poder de enganar qualquer um que passar pelos seus caminhos.
Gigantes são mencionados na Bíblia, No livro do Gênesis, capítulo 6, lê-se:

Viram os filhos de Deus que as filhas dos homens eram formosas; e tomaram para si mulheres de todas as que escolheram. Então disse o SENHOR: Não contenderá o meu Espírito para sempre com o homem; porque ele também é carne; porém os seus dias serão cento e vinte anos. Havia naqueles dias gigantes na terra; e também depois, quando os filhos de Deus entraram às filhas dos homens e delas geraram filhos; estes eram os valentes que houve na antiguidade, os homens de fama.




Deixe um comentário