glifo

glifo | s. m.
gli·fo
(grego glúfô, -ein, esculpir, gravar )
nome masculino

1. [Arquitectura]   [Arquitetura]   [Arquitetura]   Ornato com caneluras.

2. Carácter , símbolo ou desenho gravado ou esculpido.


substantivo masculino Cavidade ou traço gravado numa ornamentação arquitetônica.
Desenho, símbolo ou pictograma gravado em relevo.
Etimologia (origem da palavra glifo). Do grego glúphe.ês, “gravura”.


Glifo (do grego γλύφω transl. glýpho, significando ‘eu gravo’) designava a princípio qualquer signo entalhado ou pintado, a exemplo dos glifos da escrita maia e dos hieróglifos egípcios.
O interesse pelos glifos ampliou-se na Europa em meados do século XIX, a partir da publicação dos livros de John Lloyd Stephens e Frederick Catherwood, acerca da civilização maia e dos signos indecifráveis de sua escita. Os livros foram bestsellers na época, e os desenhos dos glifos, feitos por Catherwood, são extremamente acurados.Em tipografia, glifo é uma figura que dá um tipo de característica particular a um símbolo específico. Um glifo é um elemento da escrita. Dois ou mais glifos que correspondam ao mesmo símbolo (i.e., caractere), se permutáveis ou dependente de contexto, são chamados alógrafos; um glifo é uma manifestação da unidade mais abstrata. Glifos também podem ser ligaduras tipográficas que são caracteres compostos ou diacríticos.




Deixe um comentário