gonzo

gonzo | s. m. gonzo | adj.
gon·zo 1
(latim gomphus, -i, cavilha, prego, juntura )
nome masculino

Peça, geralmente metálica, composta por duas partes que ligam ao mesmo eixo, permitindo movimento em portas, janelas, tampas, etc. (ex.: os gonzos do portão foram pintados de verde). = BISAGRA, DOBRADIÇA, QUÍCIO
gon·zo gon·zo 2
(inglês gonzo )
adjectivo adjetivo

[Imprensa]   [Imprensa]   Que revela uma abordagem pessoal, parcial, descurando a objectividade e a imparcialidade com que algo (um facto , uma notícia, etc.) deve ser tratado ou relatado (ex.: jornalismo gonzo; reportagem em estilo gonzo). ≠ IMPARCIAL, ISENTO


substantivo masculino Designação de dobradiça; peça ou artefato feito em metal e sobre o qual o batente (porta ou janela) pode ser girado ou movimentado; quício.
[Jornalismo] Estilo de narrativa jornalística em que o narrador deixa de ser objetivo e/ou descritivo e passa a fazer parte da ação: Hunter S. Thompson foi um dos precursores do jornalismo gonzo.
Etimologia (origem da palavra gonzo). Do francês gons.


Gonzo ou Gonzos pode referir-se a:
Jornalismo gonzo, forma de jornalismo;
Pornografia gonzo, um tipo de pornografia ;
Gonzo (empresa), uma empresa produtora de animações;
Gonzo (Muppet), um personagem de The Muppets;
Paulo Gonzo, um cantor português;
Gonzo, um programa apresentado por Alexa Chung.