inibição

inibição | s. f. derivação fem. sing. de inibir
i·ni·bi·ção
substantivo feminino

1. Acto ou efeito de inibir.

2. Proibição.

3. Impossibilidade de obrar segundo o seu arbítrio.

4. [Fisiologia]   [Fisiologia]   Suspensão temporária ou definitiva de actividade de um órgão, de um tecido ou de certos actos ou condutas, devido, a maior parte das vezes, a um interdito afectivo .

5. [Química]   [Química]   Diminuição da velocidade de uma reacção .
i·ni·bir i·ni·bir – Conjugar
verbo transitivo

1. Proibir (em virtude de força ou de direito).

2. Impedir; impossibilitar.

3. Pôr em oposição à actividade .

4. Suspender um processo fisiológico ou psicológico.


substantivo feminino Ação de inibir, de reduzir ou cessar os efeitos de alguma coisa.
[Fisiologia] Diminuição da atividade de um neurônio, de uma fibra muscular ou de uma célula secretória, sob a ação de um influxo nervoso ou de um hormônio.
Condição da pessoa tímida, que se sente constrangida por; constrangimento.
Aquilo que impede o desenvolvimento ou a evolução de outra coisa.
Adiamento ou interrupção de um processo (fisiológico ou químico).
Ato ou resultado de proibir, impedir que algo ocorra; proibição.
[Medicina] Redução ou anulação completa de uma atividade corporal, causada como resultado de alguma excitação nervosa.
[Psicologia] Estado mental definido pela hesitação, causando uma limitação na atividade mental ou física.
Etimologia (origem da palavra inibição). Do latim inhibitio.onis.



Deixe um comentário