lâmina

lâmina | s. f. lamina lâ·mi·na
(latim lamina, -ae, lâmina, folha delgada )
substantivo feminino

1. Chapa ou folha muito delgada de metal, de vidro ou de outro material.

2. Folha metálica afiada de instrumento cortante.

3. Qualquer coisa muito fina e lisa (ex.: lâminas de amêndoas).

4. Peça onde estão fixos um ou mais pequenos rectângulos metálicos afiados, que se coloca num cabo para barbear ou depilar.

5. [Anatomia]   [Anatomia]   Membrana ou camada muito delgada de um tecido ou de um órgão.

6. Carregador de armas automáticas ou de repetição, que acondiciona as munições de forma paralela.

7. [Religião]   [Religião]   Chapa que tem gravada uma imagem religiosa.

8. Rectângulo pequeno e delgado, geralmente de vidro, destinado a receber amostra para análise microscópica. = LAMELA

9. [Botânica]   [Botânica]   Parte expandida da folha. = LIMBO


substantivo feminino Chapa de metal delgada.
Tira pouco espessa de qualquer substância; lasca: lâmina de madeira.
A parte de ferro ou aço dos instrumentos próprios para cortar, polir, serrar e furar, que em geral tem gume ou é denteada; folha: lâmina do serrote; lâmina de um punhal.
Chapa de vidro sobre a qual se deita a substância que se vai examinar ao microscópio.


Considera-se uma lâmina (do termo latino lamina), na acepção de instrumentos de corte, como qualquer pedaço de metal, ou de outra matéria dura, extremamente delgado e chato, destinado a fins e usos diversosː geralmente, cortar, furar, talhar ou raspar.Em rigor, é um género dentro do qual se encontram abrangidos outros instrumentos cortantes determinados, como a navalha, o navalhete, o bisturi ou a faca.
Geralmente, o termo “lâmina” é associado aos instrumentos de corte liso, ou seja, sem serrilhas (como o serrote ou a serra-fita) ou com serrilhado de pequenas proporções (microsserrilhas), como ocorre em muitas facas.
Atualmente, as lâminas de corte são confeccionadas em aços de diferentes tipos, dependendo da aplicação que será dada ao utensílio de corte.




Deixe um comentário