lápis




lápis | s. m. 2 núm.
lá·pis
(italiano lapis, do latim lapis, -idis, pedra )
nome masculino de dois números

1. Artefacto , geralmente de madeira, cilíndrico, comprido e fino, cujo interior contém uma barra de grafite para escrever ou desenhar (ex.: para a prova de desenho, é preciso levar papel, lápis e borracha).

2. Substância mineral negra que compõe o interior desse artefacto . = GRAFITE, PLUMBAGINA

3. Objecto cilíndrico, geralmente composto de uma substância medicamentosa ou cosmética (ex.: lápis de contorno para lábios).

4. Desenho ou obra artística feita com esse artefacto .

5. Pessoa que desenha ou cria obra de arte com esse artefacto .

6. Instrumento com cuja ponta, em forma desse artefacto , se faz alguma operação.

lápis de cera • [Portugal]   • [Portugal]   Cilindro de cera ou parafina e pigmentos variados, fácil de manusear e que produz um traço colorido grosso. (Equivalente no português do Brasil: giz de cera).

lápis de cor • Aquele cuja mina contém pigmentos e que produz um traço colorido.


substantivo masculino Substância de aspecto metálico e de cor escura, chamada cientificamente plumbagina ou grafita, que é um carboneto de ferro muito brando, e que serve para riscar ou desenhar.
Paralelepípedo ou cilindro dessa substância, convenientemente talhado e revestido de um invólucro de madeira, para escrever ou desenhar.
Qualquer substância de configuração oblonga, revestida ou não de invólucro, que sirva para riscar, para desenhar ou para escrever: lápis de carvão.
Lápis infernal, nitrato de prata fundido em forma de cilindro.
Lápis fotossensível ou de vídeo, caneta óptica.


Um lápis é um instrumento concebido para marcar, riscar e até mesmo cortar superfícies. A acepção mais comum do termo atrela-se a um instrumento utilizado para escrever, desenhar ou mesmo riscar papel; usualmente construído através de um estilete de grafite revestido de madeira – o tradicional lápis de escrever preto. Mudando-se o material do estilete, produzem-se de forma similar lápis de várias cores distintas.